SEDEMA em AÇÃO - Maior concentração de biodiesel traz ganhos ambientais relevantes, aponta estudo

SEDEMA em AÇÃO -  Maior concentração de biodiesel traz ganhos ambientais relevantes, aponta estudoSEDEMA em AÇÃO -  Maior concentração de biodiesel traz ganhos ambientais relevantes, aponta estudo

SEDEMA em AÇÃO





Secretário: José Otavio Machado Menten



A SEDEMA - Secretaria de Defesa do Meio Ambiente de Piracicaba, vem executando diversas obras e melhorias visando maior conforto da população de nossa cidade.






DEFESA CIVIL



Contato Defesa Civil: 153 / 199
Fone: 19 3421 4350



DESTAQUE





10/08/2020


"Maior concentração de biodiesel traz ganhos ambientais relevantes, aponta estudo"




Autor: CCS

Estudo elaborado pela professora Gisele Gonçalves Bortoleto, do curso de Biocombustíveis da Fatec Piracicaba "Deputado Roque Trevisan", constatou que a utilização de um combustível com maior concentração de biodiesel pode gerar ganhos ambientais substanciais. Durante o período da pesquisa - setembro de 2019 e março de 2020 - seis ônibus de Piracicaba utilizados no experimento deixaram de emitir cerca de 25 toneladas de gás carbônico (CO2) na atmosfera.

Gisele levou em conta o 'Projeto Experimental B20 - Piracicaba no caminho da sustentabilidade', realizado lançado em 2019 pela Prefeitura de Piracicaba, através das Secretarias Municipais de Defesa do Meio Ambiente (Sedema) e de Trânsito e Transportes (Semuttran), pela Fatec e pela Via Ágil, a ex-concessionária do transporte urbano municipal.

Durante o estudo, seis ônibus da frota urbana pertencentes à empresa Via Ágil utilizaram diesel com adição de 20% de biodiesel (B20), enquanto outros seis ônibus, que circularam em condições semelhantes, mantiveram o diesel tradicional (B11) para efeito de comparação. "Os resultados de projetos experimentais como o nosso indicam os mesmos de outros similares, como o 'Biodiesel B20 - O Rio de Janeiro anda na frente', realizado em 2010", cita a professora.

Em Piracicaba, os resultados experimentais referentes à emissão de gases do efeito estufa demonstraram que quase 25 toneladas de gás carbônico (CO2) deixaram de ser emitidas à atmosfera.

Relacionado a isso, vale lembrar uma importante pesquisa realizada pelo Instituto Totum e pela Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz (ESALQ/USP), em parceria com a Fundação SOS Mata Atlântica. Tal pesquisa estima que cada árvore da Mata Atlântica - considerando as diferentes idades e espécies -, absorve 163,14 kg de CO2 ao longo de seus primeiros 20 anos. "Assim, a não emissão desse total de CO2 equivale ao plantio de 153 árvores", observa Gisele.

De acordo com a analista ambiental da Sedema, Juliana Gragnani, "o consumo de biocombustíveis em substituição aos combustíveis fósseis contribui para a redução da emissão de gases do efeito estufa, principal responsável pelas mudanças climáticas, e projetos como esse estimulam outras iniciativas semelhantes, contribuindo para que Piracicaba se torne cada vez mais sustentável".

Em outra frente, o 'Projeto Experimental B20' também ofereceu indicadores preliminares (ainda inconclusivos) em relação ao consumo dos ônibus. Uma das hipóteses é de que a utilização de um combustível com maior concentração de biodiesel não necessariamente implique no aumento do consumo do veículo, o que poderia acentuar os custos com abastecimento.

O projeto contou ainda com a parceria de outras empresas do setor privado como Aroma Bioenergia Ltda., que cedeu o tanque para armazenamento do B20, Dorothy Intermediações e Agenciamento Ltda., Raízen, Mann Filter e Piracicaba Eletrodiesel.




07/08/2020


"Prefeitura recebe projeto do Jardim Botânico"




Autor: Marcelo Rocha/Fotos: Divulgação

O plano master para a implantação da primeira etapa do Jardim Botânico de Piracicaba, na área do bairro Santa Rita, já foi entregue ao prefeito Barjas Negri e ao secretário municipal de Defesa do Meio Ambiente, José Otávio Menten.

O custo estimado do projeto para a construção desta fase inicial do empreendimento ambiental é de R$ 3,6 milhões. O próximo passo para a viabilização do empreendimento será a prospecção de recursos, que deverão ser compostos por verbas federais, cotas de parceiros do setor privado e uma contrapartida municipal.

O plano do Jardim Botânico na área do Santa Rita - desenvolvido pela empresa Propark Paisagismo e Ambiente - foi financiado pela Associação de Amigos do Jardim Botânico e doado à Prefeitura de Piracicaba.

O projeto de ocupação do território, de aproximadamente 228 mil m², prevê a construção de portaria, estacionamento, sede administrativa (módulo cuja obra já está em andamento), um centro de convivência, decks no lago, um anfiteatro natural, trilhas para a circulação interna e uma base operacional.

"O objetivo foi criar uma diretriz geral, flexível, uma ideia conceitual para estruturar a primeira unidade do Jardim Botânico lá no bairro Santa Rita", afirmou José Flávio Machado Leão, sócio-proprietário da Propark.

Juliana Gragnani, analista ambiental e coordenadora dos estudos para a implementação do Jardim Botânico, disse que "o plano de massa apresentado é um estudo preliminar da paisagem da área do entorno da Lagoa do Bairro Santa Rita, que inclui a definição dos principais espaços a serem construídos e os seus usos. Esse projeto é importante pois será utilizado pela equipe da Secretaria Municipal de Defesa do Meio Ambiente (Sedema) como ponto de partida para os projetos mais detalhados que serão elaborados e implantados ao longo dos próximos anos", acrescentou Juliana.

O secretário Menten destaca que a entrega do projeto "é a concretização de um sonho de muitos piracicabanos". Foi elaborado com ampla participação de técnicos competentes e atende, além dos aspectos ambientais, também expectativas de lazer e educação. Em busca de qualidade de vida, as pessoas estão valorizando cada vez mais as áreas verdes. Mais uma ação que demonstra o foco do governo Barjas pela sustentabilidade e respeito ao meio ambiente", disse.

O Jardim Botânico será formado por seis grupos de plantas nativas da região: espécies ameaçadas de extinção; árvores de madeira de lei; frutíferas; plantas medicinais e aromáticas; espécies ornamentais (árvores, trepadeiras e pequenos arbustos); orquídeas e bromélias. O projeto lista as mais de 200 plantas que garantirão o sortimento vegetal do espaço.

As coleções botânicas que serão plantadas no entorno do lago foram definidas pelo professor Vinícius Castro de Souza, biólogo e curador do herbário da Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz (Esalq/USP).

A reunião de entrega do plano master ainda teve a presença de técnicos da Sedema e de Urbano Campos Ribeiral Júnior, membro da Associação Amigos do Jardim Botânico.

INSTALAÇÕES e EDIFICAÇÕES - Um dos dispositivos do projeto é um grande pergolado metálico, que será um centro de convivência com um playground anexo. No local poderão ser realizadas exposições de plantas, palestras, cursos e outros eventos.

Para as trilhas, ou caminhos naturais, foi adotada a linha de paisagismo inglês, explica Leão. "É o mesmo da Esalq/USP, que são amplos relvados cercados de mata dando essa noção de espaço verde. Fizemos também um pequeno anfiteatro natural e criamos áreas de estar, com bancos e lixeiras", acrescentou.

O projeto do Jardim Botânico ainda prevê alambrado em toda extensão de seu perímetro, uma portaria principal, portões de acesso, estacionamento, decks no lago e caminhos para a circulação.

Desde maio, a Prefeitura/Sedema já iniciou a construção a sede do Jardim Botânico no Santa Rita. Com investimento público de R$ 189 mil, a obra envolve a construção de um módulo de 100 m² que será a estrutura para o recebimento e atendimento dos visitantes no local. Nesta semana, foi realizada a concretagem da laje da futura unidade.

A TRÍADE DO JARDIM BOTÂNICO - O Jardim Botânico de Piracicaba (JBP) foi criado por meio do Decreto Municipal Nº 17.377, de 26 de janeiro de 2018. Foi criado com a missão de conservar a biodiversidade da flora regional, especialmente as formações de Floresta Estacional Semidecidual do bioma Mata Atlântica, que constituem a vegetação característica de Piracicaba. O empreendimento está sendo conduzido pela Prefeitura de Piracicaba, por meio da Sedema. Será composto por três áreas: o território no entorno da lagoa do Santa Rita, onde desde 1995 também funciona o Viveiro Municipal de Mudas; uma área verde anexa ao Engenho Central; e o Parque Natural de Santa Terezinha.


31/07/2020


"Minions são novas atrações do Paraíso da Criança"




Autor: Texto e fotos: Eleni Destro/CCS

O Zoológico Municipal e o Paraíso da Criança, mantidos pela Prefeitura, por meio da Sedema (Secretaria Municipal de Defesa do Meio Ambiente), estão fechados como medida de enfrentamento da pandemia do coronavírus. Mas os trabalhos por lá não param. Tanto no cuidado com os animais quanto na manutenção e revitalização dos recintos e demais espaços. Uma das novidades, que poderá ser conferida pela criançada assim que as atividades forem retomadas, são esculturas de Minions, personagens da animação Meu Malvado Favorito.

Os responsáveis pelas esculturas são os artistas Rodrigo Zangirolami e Redley Alexandre Camargo. As intervenções são feitas nos bebedouros, que são três no Paraíso da Criança: dois deles terão os Minions como tema e o terceiro terá personagens do famoso game Super Mario Bros (em excução).

Dois Minions - Bob e Kevin - já estão prontos. "Pensamos em personagens que agradam tanto as crianças quanto os adultos", conta Redley. Para as obras, os artistas utilizam materiais baratos e reaproveitam outros. "Os materiais que usamos são ferro, isopor e cimento", completa Redley.

No ano passado, a Prefeitura recuperou dois brinquedos que são símbolos do Paraíso da Criança. A baleia e o leão foram limpos e ganharam pintura nova. A baleia foi pintada de azul e branco e o leão, que data dos anos 1970, ganhou as cores laranja, amarela e vermelha.

O Paraíso tem cerca de 23 mil metros quadrados, possui uma central de recreação e uma ilha de brinquedos para crianças entre três e seis anos, com balanço para inclusão, balanço duplo, cavalinho com mola, carro táxi com mola dupla, entre outros brinquedos.

PROJETO - Redley e Rodrigo também trabalham na revitalização de recintos do Zoológico. Vários estão prontos, como o do tigre, da iguana e dos jabutis. Os novos recintos trazem elementos das regiões às quais pertencem os animais que os ocupam, como paisagens da Índia, Japão, África, e ambientes que remetem a florestas andinas ou à pré-história.

O projeto visa reforçar o propósito de educação ambiental "o Zoo recebe muitas visitas de estudantes - de forma mais lúdica e também o conforto dos animais. Com os recintos temáticos, fornecemos mais elementos para que as professoras possam conversar com seus alunos e não apenas mostrar os animais que chegam pra gente por meio de apreensões, vítimas de maus tratos, muitas vezes mutilados e não podem voltar para a natureza", observa o diretor do Zoo, Thiago Vilalta.

O secretário de Defesa do Meio Ambiente, José Otávio Menten, explica que o Zoológico de Piracicaba é referência para cidades da região e é um equipamento muito importante. "O formato dos zoos mudou há muito tempo e Piracicaba acompanhou essa evolução. Os zoos não são mais lugares para exibição de animais. Os espaços são importantes para reprodução em cativeiro, para evitar a extinção de espécies e também abrigam animais vítimas de maus tratos ou vítimas de atropelamento, incêndios em matas. Eles são tratados e, quando têm chances de sobreviver sozinhos, são reintroduzidos na natureza. Se não, são acolhidos e bem tratados", observa Menten.

O Zoológico Municipal de Piracicaba possui cerca de 340 animais, entre aves e mamíferos e fica na avenida Marechal Castelo Branco, 426, Jardim Primavera.



30/07/2020


"Cemitérios ficarão fechados no Dia dos Pais"




No fim de semana do Dia dos Pais, que este ano é comemorado no dia 09 de agosto, os cemitérios municipais de Piracicaba: Saudade, Vila Rezende e Ibitiruna - ficarão fechados para visitação. O mesmo ocorreu no fim de semana do Dia das Mães, em maio, e pelo mesmo motivo: evitar aglomerações devido a pandemia do coronavírus. Portanto, não haverá missas nos referidos cemitérios. De acordo com o Setor de Cemitérios da Secretaria Municipal de Defesa do Meio Ambiente (Sedema), nos dias 08 e 09 de agosto, os portões dos cemitérios ficarão fechados e as administrações funcionarão das 08h às 12h e das 13h às 17h, somente para autorização de velórios, sepultamentos, exumações, reformas e construções.


24/07/2020


"Prefeitura finaliza mais três academias"




Autor: Marcelo Rocha/Fotos: Divulgação

Mais três academias ao ar livre foram montadas pela Prefeitura de Piracicaba nesta semana. Os novos kits de aparelhos para ginástica foram instalados nos bairros Jardim Primavera, Vila Fátima e Vila Sônia. O investimento público nas três unidades foi de R$ 86.597,89.

A academia do Jardim Primavera está na rua Leônidas Andrade Fogaça, local nas proximidades do Centro Comunitário do bairro.
Por sua vez, a academia do Vila Sônia (instalada na rua Corcovado) vai atender a população dos bairros Parque Ipês e Residencial Piracicaba I, II e III.

Já a academia da Vila Fátima foi instalada na rua Alberto Coral, com a parceria da comunidade local que construiu a base de concreto a partir dos fornecimento de materiais pela Prefeitura.

ACADEMIAS - Desde 2009, quando foi instalada a primeira academia ao ar livre do município - no Parque da Rua do Porto - esses equipamentos esportivos se multiplicaram nos bairros de Piracicaba.


Hoje, a cidade já possui 113 academias ao ar livre implantadas em áreas de lazer e parques da cidade. Os aparelhos que compõem as academias proporcionam a realização de atividades físicas de baixo impacto, destinadas aos adultos que desejam fortalecer a musculatura, melhorar a flexibilidade e combater o sedentarismo.

As 3 novas academias ao ar livre

* Jardim Primavera (rua Leônidas Andrade Fogaça)
* Vila Sônia (rua Corcovado)
* Vila Fátima (rua Alberto Coral)


24/07/2020


"Ocorrências de perturbação de sossego e aglomeração aumentam 200%"




Autor: Texto: Eleni Destro/CCS

Desde o início da quarentena por conta da pandemia do coronavírus, em março, o número de ocorrências de perturbação de sossego e aglomeração de pessoas aumentou 200% em relação ao mesmo período de 2109. Em 2019 foram 447 e em 2020, 1.342. Os dados são da Guarda Civil e englobam eventos em residências e chácaras.

A Guarda Civil, por meio do Pelotão Ambiental e Romu, também tem dado apoio à Vigilância Sanitária para fazer cumprir o decreto nº 18.349, que proíbe a venda de bebidas alcoólicas geladas depois das 18h e na fiscalização de estabelecimentos comerciais que não são considerados essenciais. Piracicaba continua na Fase 1 (Vermelha), por determinação do Governo do Estado, que só permite o funcionamento de atividades essenciais.

As denúncias podem ser feitas pelos telefones 153 (Guarda Civil) e 3426-1996 (Pelotão Ambiental), com plantão 24 horas.


23/07/2020


"Prefeitura recebe Plano de Arborização"




Autor: Texto e Fotos: Marcelo Rocha

A nova radiografia sobre a presença e a distribuição das árvores no perímetro urbano de Piracicaba já foi concluída. O Plano Municipal de Arborização Urbana - estudo encomendado pela Prefeitura de Piracicaba, por meio da Secretaria de Defesa do Meio Ambiente (Sedema) -, foi entregue ao prefeito Barjas Negri. O levantamento completo já está disponível no site da Sedema https://sedema.wixsite.com/sedema/arborizaourbana

O plano elaborado pela Propark Paisagismo e Ambiente - empresa contratada por meio de licitação para a realização do levantamento - traz dados dados da ocupação de árvores em bairros, regiões, áreas de preservação permanente (APP) e, principalmente, no sistema viário urbano. Neste último caso são as 96.448 árvores cuja gestão é mais "delicada" porque interagem com veículos, pedestres e estruturas físicas como calçadas, rede elétrica, edificações e outras.

Além desses dados, o Plano de Arborização traz um histórico da evolução da arborização no município, informações sobre o surgimento dos parques, a evolução dos planos diretores, as unidades de conservação, faz uma análise das legislações ambientais e aborda a infraestrutura local (recursos humanos e operacionais da Sedema).

"Esse é um plano de governo de Estado, independente do prefeito que estiver aqui", afirmou o prefeito Barjas Negri, durante a entrega do Plano de Arborização, em reunião que teve a presença do secretário de Defesa do Meio Ambiente, José Otávio Menten, e técnicos da Sedema.

Por meio de sensoreamento remoto, o estudo apontou que o perímetro urbano de Piracicaba possui área de cobertura arbórea estimada em 52,19 km², "relativamente bem distribuída pela cidade", segundo avaliação dos realizadores do plano.

A meta era elaborar um dos melhores planos de arborização do Brasil, diz Marcelo Leão, sócio-proprietário da Propark. "Compramos uma imagem de satélite que fotografou o perímetro urbano, sem nuvens, e a partir disso construímos uma ampla base de dados para que o município possa evoluir ainda mais na gestão de suas árvores", declara. "É um documento técnico e bem completo. Acho que não é um simples documento de plano, mas sim uma receita para a gente melhorar a nossa arborização", acrescenta.

Menten destaca que o plano foi elaborado por técnicos competentes e experientes, com ampla participação da sociedade e total transparência. "É um marco para Piracicaba. Apesar de seu caráter técnico, houve grande contribuição da população e dos colaboradores da Sedema. É um plano dinâmico que prevê revisões a cada cinco anos e atualização daqui a 20 anos", observa o secretário. "Sua implementação é imediata, dependendo de recursos disponíveis e de parcerias que estão sendo negociadas. É um plano prático, que vai modernizar a arborização em Piracicaba , sempre visando a sustentabilidade e a qualidade de vida", complementa.

De maneira global, Piracicaba possui uma situação muito boa em relação à arborização, avalia Leão. De acordo com ele, o estudo surge para complementar e contribuir com um serviço que está sendo feito pelo poder público. "O que a gente propõe agora é a melhoria em eficiência, a implementação de tecnologias, novas ferramentas e novos 'modus operandi'", declara.

DADOS - Além do diagnóstico de que existem 96.448 árvores no sistema viário do município, o Plano de Arborização fez um raio-X da presença de árvores nos bairros e regiões.

Considerando as cinco regiões da cidade, o macroindicador de 52,19 km² de cobertura arbórea está dividido da seguinte maneira: Centro (2,64 km²); Leste (19,52 km²); Norte (15,29 km²); Oeste (7,44 km²); e Sul (7,30 km²).

O número estimado de árvores nessas regiões - dado gerado a partir da composição do mapeamento digital (foto de satélite) com visitas a campo - indica a existência de: 31.580 árvores no Centro; 186.103 na região Leste; 153.183 na região Norte; 77.588 na região Oeste; e 82.520 na região Sul.

Além da versão impressa do Plano de Arborização (que inclui um volume extra com mapas temáticos), o material entregue à Prefeitura também inclui uma versão digital do estudo e um manual para técnicos com orientações sobre boas práticas agronômicas de árvores no sistema viário - qual tipo de poda deve ser realizada, normas de plantio, quais as espécies mais adequadas para calçadas e canteiros e outras informações.


21/07/2020


"CAS Horto de Tupi está quase finalizado"



Autor: Texto e Fotos: Marcelo Rocha

As obras de reforma do imóvel nº 23 da Estação Experimental de Tupi (Horto de Tupi) já estão na reta final. Nesta terça-feira (21), o secretário municipal de Defesa do Meio Ambiente, José Otávio Menten, visitou o prédio em companhia de técnicos da Secretaria de Defesa do Meio Ambiente (Sedema) e representantes da Polícia Militar Ambiental.

Com cerca de 375 m², o espaço - que será oficialmente chamado de Centro de Apoio da Sedema (CAS) Horto de Tupi - vai sediar atividades desenvolvidas pelo Núcleo de Educação Ambiental (NEA) e também funcionará como base operacional para o Pelotão Ambiental, para a Patrulha Rural e para a PM Ambiental.

O titular da pasta destacou a importância da parceria do poder público municipal com a força de segurança do Estado. "Queremos cada vez mais estreitar esse relacionamento com a PM Ambiental", afirmou Menten durante o giro de apresentação e vistoria das novas instalações do CAS Horto de Tupi, cujas obras devem ser finalizadas em uma semana.

"A presença da PM Ambiental aqui no Horto de Tupi, assim como da Guarda Civil, é muito importante para a segurança do local, pois inibe ações de vandalismo e roubo", acrescentou Giovanni Batista, analista ambiental da Sedema e membro do Comitê Gestor da Área de Visitação Pública da Estação Experimental de Tupi (Horto de Tupi).

De acordo com os cabos Fábio e Boscollo, do 3º Pelotão da 7ª Cia/PMAmb do 1º Batalhão da Polícia Militar Ambiental, o novo espaço vai "facilitar e fortalecer o trabalho de patrulhamento no Horto, além de melhorar a logística da corporação e aproximá-la da população que frequenta o local".

A REFORMA - Com investimento público de R$ 116.537,99, a obra do imóvel nº 23 - que no passado funcionava como garagem, depósito e almoxarifado - contemplou a construção de uma área coberta multiuso (para eventos, ações ambientais e outras atividades), de uma copa, dois sanitários (masculino e feminino), um almoxarifado e três salas administrativas - uma para a equipe do NEA, outra para reuniões e uma terceira que será compartilhada entre as três guarnições de segurança pública.

Com o recurso também foi possível a reforma completa de dois banheiros públicos, próximos ao já existente Centro de Visitantes do Horto de Tupi, chalé de madeira localizado no entorno do Lago Marcelo.

A ESTAÇÃO EXPERIMENTAL - Com uma área de 198 hectares de vegetação de Mata Atlântica, a Estação Experimental de Tupi é uma unidade de conservação do Estado de São Paulo. Em sua área de reflorestamento são encontradas espécies florestais nativas e exóticas.

Em junho de 2018 foi formalizada uma parceria entre o Governo do Estado e Prefeitura de Piracicaba para uso da área de visitação pública (22,3 hectares) e a gestão do local passou a ser compartilhada.

Desde então, o Instituto Ambiental, Esalq/USP e a Sedema, por meio do Núcleo de Educação Ambiental (NEA) criaram e implantaram vários projetos de educação ambiental como o Educa Trilha, o PJ Mais (Programa de Jovens ? Meio Ambiente e Integração Social) com palestras, observação de pássaros, trilhas monitoradas desenvolvidos para vários públicos (crianças, adultos e idosos).


17/07/2020


"Sedema concreta pilares do muro do Cemitério da Vila Rezende"




Autor: Marcelo Rocha/Foto: Divulgação

Nesta semana, foi iniciada a concretagem dos pilares do muro de arrimo do trecho de 80 metros do muro do cemitério da Vila Rezende. Iniciada há um mês, a obra de reconstrução do muro do cemitério tem prazo de conclusão para o dia 16 de agosto.

Após a limpeza, o preparo do terreno e a construção da fundação, agora os funcionários da empresa responsável pela obra (a vencedora do pregão eletrônico realizado no dia 22 de abril) estão levantando os pilares e assentando os blocos de concreto do muro de arrimo, estrutura que possui de 2,0 metros de altura.

A etapa seguinte da obra será a construção do muro de fechamento, que terá 1,5 metro, informa o Setor de Obras da Secretaria Municipal de Defesa do Meio Ambiente (Sedema), que é responsável pela supervisão e fiscalização do serviço.

O investimento público desta obra é de R$ 46.000,00, valor que representou uma economia de 23% aos cofres públicos, já que o valor inicial previsto no edital era R$ 60.237,77.

HISTÓRICO - Essa parte do muro do Cemitério da Vila Rezende desabou dia 19 de fevereiro, data na qual a cidade registrou um índice pluviométrico de 93 milímetros (mm).

Após a queda, de maneira emergencial a Prefeitura de Piracicaba, por meio da Sedema, da Defesa Civil e da equipe do cemitério, instalou uma lona preta para a proteção dos taludes e, assim, evitar mais deslizamentos.


16/07/2020


"Prefeitura concluiu 14 academias ao ar livre neste ano"




Autor: Texto: Marcelo Rocha/CCS

No primeiro semestre deste ano, a Prefeitura de Piracicaba construiu 14 novas academias ao ar livre. Os equipamentos funcionais vão beneficiar 14 bairros do município, estimulando a prática de exercícios e promovendo saúde e bem-estar aos moradores dessas localidades.

As novas academias ao ar livre foram instaladas nos seguintes bairros: Algodoal; Jardim Itapuã; Jardim Tomazella; Parque dos Sabiás; Centro (Praça José Bonifácio); Eugênio Montebello; Esplanada; Campestre; Altos do São Francisco; Vila Monteiro; Jardim dos Antúrios/Vila Sônia; Jardim Califórnia; Jardim Oriente e Anhumas.

Como medida de enfrentamento à pandemia, a Prefeitura de Piracicaba não realizou a inauguração oficial dessas academias ao ar livre.

Por conta da pandemia do novo coronavírus (Covid-19), a Prefeitura de Piracicaba orienta que, temporariamente, a população não utilize as academias ao ar livre, justamente para evitar possíveis aglomerações e a propagação do vírus.

CIDADE EQUIPADA - Desde 2009, quando foi instalada a primeira academia ao ar livre do município - no Parque da Rua do Porto - esses equipamentos esportivos se multiplicaram nos bairros de Piracicaba.

Hoje, a cidade já possui 113 academias ao ar livre implantadas em áreas de lazer e parques da cidade. Os aparelhos que compõem as academias proporcionam a realização de atividades físicas de baixo impacto, destinadas aos adultos que desejam fortalecer a musculatura, melhorar a flexibilidade e combater o sedentarismo.




14/07/2020


"Sedema retira 120 toneladas de rejeito do Ecoponto Bosques do Lenheiro"




O setor de Gerenciamento de Resíduos Sólidos da Secretaria Municipal de Defesa do Meio Ambiente (Sedema) retirou 120,4 toneladas de rejeitos descartados pela população no Ecoponto do bairro Bosques do Lenheiro.

A execução do serviço - realizado com quatro caminhões e uma pá-carregadeira - começou no último sábado (11) e terminou ontem, segunda-feira (13). Todo o material foi encaminhado ao Ecoparque, complexo responsável pela gestão de resíduos sólidos do município, que é mantido pela empresa Piracicaba Ambiental.

Hoje, terça-feira (14), as equipes e máquinas do Setor de Resíduos retomaram a limpeza do Ecoponto Cecap/Eldorado. "Este Ecoponto, por ser um dos maiores da cidade, necessita de aproximadamente quatro dias de serviços exclusivos para ser 'zerado'. Então, para não desguarnecer os outros Ecopontos, vamos intercalar a limpeza do Ecoponto Cecap com o de outras unidades. Amanhã (15), vamos tentar limpar totalmente o Ecoponto Mário Dedini", afirma Ludmar Antonio Romanini, responsável pelo setor de Gerenciamento de Resíduos Sólidos da Sedema. "Mas o objetivo final é, nas próximas semanas, deixar em ordem todos os oito Ecopontos", acrescenta.

Desde janeiro, o setor de Resíduos Sólidos da Sedema já retirou aproximadamente 16 mil toneladas dos oito Ecopontos da cidade, entre entulho da construção civil, rejeitos, madeira e pneus velhos.

OITO ECOPONTOS - Os Ecopontos de Piracicaba estão localizados nos bairros Monte Rey, Bosques do Lenheiro, Jardim Oriente, Ártemis, Mário Dedini I, Mário Dedini II, Cecap/Eldorado e Santo Antônio.



10/07/2020


"Sedema retira 420 toneladas dos Ecopontos Monte Rey e Ártemis"




Autor: Marcelo Rocha

Os Ecopontos Monte Rey e Ártemis foram totalmente "zerados" nesta semana. Todo o volume de entulho e rejeitos das duas unidades - cerca de 420 toneladas - foi retirado por equipes da Secretaria Municipal de Defesa do Meio Ambiente (Sedema), da Prefeitura de Piracicaba. Amanhã, 11/07, a remoção será realizada no Ecoponto do Bosques do Lenheiro e, nos próximos dias, o serviço de limpeza prosseguirá nos outros cinco Ecopontos da cidade.

O Ecoponto do bairro Monte Rey foi totalmente limpo na última quinta-feira (9), com a retirada de 180 toneladas de rejeitos e 109 toneladas de entulho. A execução desse serviço teve o suporte operacional da Secretaria Municipal de Agricultura e Abastecimento (Sema), que forneceu cinco caminhões basculantes para ajudar no recolhimento dos resíduos no local. Além destes veículos, o serviço foi realizado com outros quatro caminhões da Ecoterra (empresa terceirizada da Sedema), além de uma pá-carregadeira e outro caminhão da Prefeitura.

Hoje, 10/07, a limpeza total ocorreu no Ecoponto de Ártemis, com o recolhimento de 80 toneladas de rejeito e 50,4 toneladas de entulho. Para esta ação, foram utilizados cinco caminhões e a pá-carregadeira.

O montante de resíduos extraído dos dois Ecopontos teve dois destinos: os rejeitos foram encaminhados ao Ecoparque, enquanto os entulhos foram levados para empresas de reciclagem licenciadas.

"Os Ecopontos Monte Rey e Ártemis já estão totalmente limpos. Agora, na sequência, iniciaremos a limpeza do Ecoponto do Bosques do Lenheiro e, depois, de todos os outros", declara Ludmar Antonio Romanini, responsável pelo setor de Gerenciamento de Resíduos Sólidos da Sedema.

O intuito é deixar todos os oito Ecopontos totalmente limpos e em ordem para a população poder usá-los normalmente, acrescenta Romanini. "A Sedema não quer deixar nada para trás, não queremos reclamações da população. O objetivo do Setor de Resíduos é sempre fazer o serviço bem feito", afirma.

O secretário municipal de Defesa do Meio Ambiente, José Otávio Menten, destaca que os Ecopontos são importantes para a destinação adequada de resíduos sólidos. "É necessário que sejam bem utilizados pela população. Juntamente com as coletas de resíduos domiciliares e recicláveis, da varrição de ruas, avenidas e praças, dos serviços de Catacacareco e do recolhimento de resíduos de saúde, contribuem para Piracicaba se classificar em primeiro lugar no Brasil quanto ao saneamento básico, de acordo com a ABES (Associação Brasileira de Engenharia Sanitária)", frisa Menten.

Os Ecopontos de Piracicaba estão localizados nos bairros Monte Rey, Bosques do Lenheiro, Jardim Oriente, Ártemis, Mário Dedini I, Mário Dedini II, Cecap/Eldorado e Santo Antônio.

16 MIL TONELADAS - De janeiro até agora, o setor de Resíduos Sólidos da Sedema já retirou, aproximadamente, 16 mil toneladas dos oito Ecopontos da cidade, entre entulho da construção civil, rejeitos, madeira e pneus velhos.

INCÊNDIOS - Alguns Ecopontos do município têm sido alvo frequentes de incêndios, provavelmente intencionais, causando prejuízos à população, aos cofres públicos, ao meio ambiente e mobilizando equipes da Sedema e guarnições do Corpo de Bombeiros e da Defesa Civil para o combate a essas ações.

Hoje, 10/07, simultaneamente à limpeza do Ecoponto Ártemis, outro desses incêndios foi iniciado no Ecoponto Cecap/Eldorado, novamente causando transtornos à comunidade local e requerendo a presença de equipes especializadas para o combate às chamas

A Prefeitura de Piracicaba, por meio da Sedema, comunica que lamenta a atitude de uma parcela mínima de cidadãos, que condena esse tipo de atitude e que prosseguirá o seu trabalho no sentido de aprimorar o gerenciamento de resíduos do município.

LIMITE POR CIDADÃO - A Sedema salienta que os oito Ecopontos do município recebem, no máximo, 1 metro cúbico (m³) de entulho por pessoa.
Dentro desta cota, o cidadão pode descartar resíduos de construção civil, pilhas e baterias, pneus, materiais eletro-eletrônicos, móveis inservíveis e resíduos de podas de árvores.

Para mais informações e a localização dos Ecopontos da cidade visite o link https://sedema.wixsite.com/sedema/ecopontos


08/07/2020


"Vídeo mostra funcionamento do Setor de Resíduos"



Autor: Marcelo Rocha

O trabalho do setor de Gerenciamento de Resíduos Sólidos é o tema do quarto e último vídeo da série 'Bastidores da Sedema', coleção de audiovisuais produzida pelo Núcleo de Educação Ambiental (NEA), da Secretaria Municipal de Defesa do Meio Ambiente (Sedema).

O vídeo dá detalhes sobre as atividades desenvolvidas pelo Setor de Resíduos, que é responsável pela coleta e destino de materiais descartados. Localizado no bairro do Jupiá, o setor executa a limpeza pública em áreas verdes, terrenos baldios e nos oito Ecopontos do município, além do recolhimento de materiais em pontos de descarte irregular.

Segundo o engenheiro civil responsável pelo Setor de Resíduos, Ludmar Romanini, todo esse material é levado ou para o Ecoparque, onde funciona a Central de Tratamento de Resíduos (CTR), ou para uma das empresas licenciadas.

O setor também é responsável pela Central de Resíduos (situada na avenida das Ondas), que é o local específico para o recebimento de pneus, lâmpadas e eletroeletrônicos, e pela interlocução da Sedema com a Cooperativa do Reciclador Solidário. Em outras situações, o departamento também oferece operacional e apoio ao Pelotão Ambiental, à Defesa Civil, outros setores da Sedema e outras secretarias municipais.

O vídeo contém depoimentos e explicações de Celise O. Romanini, especialista em gerenciamento de resíduos e chefe da Divisão de Resíduos Sólidos, e de Elizabeth Nunes, bióloga do NEA.

Para mais informações sobre o Setor de Resíduos sólidos acesse www.sedema.sedema.piracicaba.sp.gov.br

COMEMORAÇÃO - A série 'Bastidores da Sedema' é uma das ações da pasta em celebração ao mês do meio ambiente. O Dia do Meio Ambiente foi comemorado no dia 5 de junho. Os temas dos três vídeos anteriores foram o serviço municipal Disk Animais, o Viveiro Municipal de Mudas e Os Parques Urbanos.

PARA ACESSAR O VÍDEO
No YouTube: https://youtu.be/RmPDAUmlSvw
No Facebook: https://www.facebook.com/nucleoeducacaoambiental


03/07/2020


"Sedema realiza obras no Horto de Tupi, campos de areia e academias"



Autor: Marcelo Rocha/Fotos: Divulgação

As equipes do Setor de Obras da Secretaria Municipal de Defesa do Meio Ambiente (Sedema) prosseguem com o trabalho de construção, execução de melhorias e outras intervenções em academias ao ar livre, praças, campos de futebol e outros equipamentos de responsabilidade da pasta.

Uma dessas obras, que foi iniciada em março e que agora está em fase de acabamento, é a do imóvel nº 23 da Estação Experimental de Tupi (Horto de Tupi). Nesta semana, o local - que futuramente vai abrigar uma base do Pelotão Ambiental (PA) e da Patrulha Rural (divisões da Guarda Civil Municipal), além do Centro de Apoio da Secretaria de Defesa do Meio Ambiente (CAS) -, está sendo pintado. Nas próximas semanas serão instalados os lavatórios, pias, metais sanitários e também será feita a ligação da energia elétrica. A reforma deve ser concluída no mês de agosto.

Na academia híbrida do Parque do Piracicamirim, cujos equipamentos também são destinados a cadeirantes e deficientes visuais, funcionários da pasta realizaram a instalação de placas de piso podotátil.

Também foram executados serviços de manutenção (reposição de areia e outras intervenções) nos campos localizados em dois Centros de Lazer do Jardim Tatuapé, um rua Carlos Brasiliense Pinto e outro na avenida Jaú.

MAIS SERVIÇOS - Outros serviços e melhorias da Prefeitura de Piracicaba que estão em andamento, sob a responsabilidade do Setor de Obras da Sedema, são os seguintes:


1) Construção da academia no Jardim Itapuã (fase de conclusão)
2) Construção de academia nos residenciais Ypês e Piracicaba I, II e III (Vila Sônia)
3) Construção da academia na Vila Fátima
4) Construção da academia no Jardim Primavera
5) Construção da academia no São Mateus
6) Construção de praça no Parque Orlanda
7) Construção de praça no Jardim Primavera
8) Construção da sede do Jardim Botânico (Santa Rita)
9) Ampliação do campo de futebol do Sol Nascente (fase de conclusão)
10) Manutenção e novos alambrados do campo de futebol do Caxambu (fase de conclusão)
11) Início da manutenção e melhorias no campo de areia do Parque Orlanda
12) Reconstrução da cobertura do Ecoponto Mário Dedini
13) Construção de mureta de contenção do Parque da Estação da Paulista
14) Reconstrução do muro do Cemitério da Vila Rezende.



02/07/2020


"Revitalização do Bosque da Água Branca está na segunda fase"



Autor: Texto e fotos: Marcelo Rocha

A revitalização do Bosque da Água Branca já entrou em sua segunda etapa. Após as intervenções de poda, supressão e outros serviços de arborização, nesta semana são as equipes dos setores de Resíduos Sólidos e de Manutenção de Áreas Verdes - ambos da Secretaria Municipal de Defesa do Meio Ambiente (Sedema) - que estão trabalhando na área localizada na avenida Santa Catarina, no bairro homônimo.

Já foram retiradas cerca de 17 toneladas de resíduos do interior do bosque, decorrentes dos serviços de capinação e do recolhimento de galhos e rejeitos. Foram necessárias três viagens de caminhão basculante para transportar todo esse material ao Ecoparque, conta Ludmar Antonio Romanini, responsável pelo setor de Gerenciamento de Resíduos da Sedema.

Essa etapa de limpeza de corte de mato e limpeza de resíduos deve ser finalizada até esta sexta-feira (03), estima Romanini. Depois, na terceira e última fase da revitalização do bosque, o Setor de Obras da pasta vai realizar reparos na trilha de caminhada, no alambrado, na parte elétrica e no sistema de iluminação da área verde.

A INTERVENÇÃO - Iniciada no dia 05 de junho, a revitalização do Bosque da Água Branca - local onde por mais de duas décadas funcionou o grupamento do Pelotão Ambiental da Guarda Civil de Piracicaba - foi uma reivindicação da comunidade local. Lideranças do bairro participaram de encontros com o secretário municipal de Defesa do Meio Ambiente, José Otávio Menten, para definir as ações que agora estão sendo executadas pela pasta.


30/06/2020


" Limpeza urbana ganha reforço de varredeira mecânica"



Autor: Assessoria Piracicaba Ambiental

A limpeza urbana de Piracicaba ganhou um reforço de peso. Desde segunda-feira (29), o setor de varrição da Piracicaba Ambiental colocou em operação uma varredeira mecânica, máquina será utilizada para a limpeza de folhas, copos descartáveis, papéis, panfletos e outros objetos de pequeno porte em praças, ruas e avenidas do município.

A varredeira mecânica de fabricação alemã (Karcher modelo MC-130) já foi vista na manhã desta segunda em ação na praça José Bonifácio, área de grande fluxo de pessoas e que demanda um volume de trabalho muito grande para a equipe da varrição da empresa concessionária.

De acordo com a Piracicaba Ambiental, o equipamento deverá ser utilizado de segunda-feira a sábado em praças, ruas e avenidas, podendo ser aproveitado em outros locais, de acordo com a necessidade.

"Trata-se de uma evolução tecnológica, com equipamento moderno. A limpeza será de boa qualidade e com alto rendimento, agilizando o serviço prestado", declara o secretário Municipal de Defesa do Meio Ambiente, José Otávio Menten.

Como o trabalho de varrição é constante e diário (de segunda a segunda), a varredeira mecânica deverá auxiliar as equipes e agilizar o trabalho de varrição das vias e outros espaços da cidade, salienta Alessandro Mansur de Souza, encarregado do setor de varrição da Piracicaba Ambiental.

Por aspiração, a varredeira mecânica coleta resíduos que são armazenados num compartimento na parte traseira do veículo. O equipamento possui sistema de escovas circulares de acionamento e controle hidráulico articulado. Para operá-la, são necessárias duas pessoas: um operador para dirigir o equipamento e outro que cuida do sistema de varrição.

VARRIÇÃO MANUAL - Hoje, a Piracicaba Ambiental conta com cerca de 200 varredeiras que atuam, conforme escalas de trabalho, em diferentes setores da cidade. Aos domingos são realizados serviços extra de reforço de limpeza (a chamada 'domingueira') em toda a área central, na praça José Bonifácio e na Rua do Porto.


30/06/2020


"Série 'Bastidores da Sedema' apresenta parques da cidade"



Autor: Marcelo Rocha/CCS

O terceiro vídeo da série série 'Bastidores da Sedema', denominado Parques Urbanos, já desembarcou nas redes sociais. Com aproximadamente 10 minutos de duração, o audiovisual mostra o trabalho de manutenção dos espaços (corte de mato, poda de árvores, rastelagem, recolhimento de material orgânico e outras ações) mesmo em tempos de pandemia, apresenta informações sobre a fauna e flora dos parques e curiosidades.

O vídeo é uma produção do Núcleo de Educação Ambiental (NEA), da Secretaria Municipal de Defesa do Meio Ambiente (Sedema). Participam Elizabeth Nunes, bióloga do NEA, Luiz Alberto Mazzero, servidor responsável pelos parques urbanos (abertos e fechados), e Maria Eliana Navega Gonçalves, bióloga que conta detalhes sobre a avifauna do Parque da Rua do Porto. "Temos 99 espécies de pássaros identificadas aqui nesse parque", disse.

O material explica que Piracicaba possui 24 parques urbanos, dentre os quais sete são aqueles considerados 'fechados', ou seja, que têm controle de acesso. Esses parques são os seguintes: Parque da Rua do Porto, Parque do Piracicamirim, Parque da Zona Sul (Monte Líbano), Parque Paraíso da Criança (anexo ao Zoológico), Parque da Estação da Paulista, Parque Natural de Santa Teresinha e Estação Experimental de Tupi (Horto de Tupi).

A série 'Bastidores da Sedema' é uma das ações da pasta em celebração ao mês do meio ambiente. O Dia do Meio Ambiente foi comemorado no dia 5 de junho. Os temas dos dois vídeos anteriores foram o serviço municipal Disk Animais e o Viveiro Municipal de Mudas.

O servidor da Sedema Luiz Mazzero é o responsável pelos parques urbanos.

Para mais informações sobre os parques da cidade acesse https://sedema.wixsite.com/sedema/parques-da-cidade

PARA ACESSAR O VÍDEO
No YouTube: https://youtu.be/1_AFbJST1Fc
No Facebook: https://www.facebook.com/nucleoeducacaoambiental


25/06/2020


"Sedema retira 529 toneladas de resíduos de vias públicas"




Autor: Marcelo Rocha/Fotos: Divulgação

Cerca de 529 toneladas de resíduos foram retiradas das ruas da cidade durante as ações de capinação manual e raspagem das sarjetas e guias, no período entre a última semana de abril e o dia 15 de junho. Os serviços foram executados pelas equipes terceirizadas do Setor de Manutenção da Áreas Verdes, da Secretaria Municipal de Defesa do Meio Ambiente (Sedema).

Os serviços foram iniciados na última semana de abril e deverão prosseguir até o final de agosto, segundo Sinval de Jesus Sarto, diretor do Departamento de Ecossistema da Sedema. ?Até o dia 15 de junho, essas ações de limpeza já tinham passado por 130 pontos da cidade?, disse.

Sarto exemplificou a dimensão do trabalho em alguns bairros da cidade. ?Só na avenida Pedro Morganti, no Monte Alegre, foram retiradas 84 toneladas - 12 viagens de caminhão. Em apenas um ponto do bairro Jardim Caxambu, na travessa Fortunato Pompermayer, retiramos três toneladas de resíduos. E na rua Ipeúna, na entrada da Balbo, foram recolhidas outras 12 toneladas?, citou.

De acordo com Sarto, o montante retirado das ruas de Piracicaba inclui entulho, lixo, areia, pedra e outros resíduos sólidos - descartados de maneira irregular ou carreados pela água da chuva -, além do mato que cresce em meio a sarjetas, guias, calçadas e canteiros.

Cerca de 40 funcionários da empresa terceirizada Ecoterra estão executando o serviço com pás, enxadas e o apoio de caminhões para o recolhimento dos resíduos.

BAIRROS - Até o dia 15 de junho, os trabalhos de capinação manual e raspagem das sarjetas e guias foram realizados nos seguintes bairros e regiões: Piracicamirim, São Dimas; Jardim Europa; Vila Rezende; Nova Piracicaba; Jardim Oriente; Campestre; Parque Piracicaba; Jardim das Flores; Ártemis; Itaperu; Centro; Terra Rica; Bela Vista; Paineiras; Água Branca; Santa Teresinha; São Vicente; Nova América; Pauliceia; Jardim Nova Iguaçu; São Judas; Bongue; Noiva da Colina; Jardim Caxambu; Paulista; Glebas Califórnia; São Francisco; Kobayat Líbano; Parque Santa Cecília; Jardim Califórnia; Higienópolis; Altos da Boa Vista; Jardim Planalto; Parque Prezoto; Alemães; Cecap; Chapadão; e Monte Alegre.


08/06/2020


"Plantio simbólico celebra o Dia Mundial do Meio Ambiente"




Autor: Marcelo Rocha/Foto: Divulgação

Uma muda de jequitibá-rosa e três mudas de ipês-brancos foram plantadas em um ato simbólico em comemoração ao Dia Mundial do Meio Ambiente (5 de junho), na manhã desta sexta-feira, numa rotória de acesso ao bairro Santa Rita.

O evento promovido pela Secretaria Municipal do Meio Ambiente (Sedema) contou com a presença do secretário municipal de Meio Ambiente, José Otávio Menten, e técnicos da pasta. O plantio foi na rotatória entre as avenidas Dorival Cruz Lima e João Flávio Ferro.


"O meio ambiente ocupa relevância cada vez maior na sociedade. É essencial para a sustentabilidade e qualidade de vida", declara o secretário Menten. "As demandas são muito amplas. O saneamento básico é fundamental e além da coleta de destinação adequada dos resíduos sólidos, há a necessidade de implantar e cuidar das áreas verdes, aumentar as áreas com árvores tanto na zona urbana como rural , dar atenção a fauna silvestre, evitar a poluição do ar, água e solo e outras ações", lista o mandatário da Sedema.


Fora isso, salienta Menten, é fundamental investir na educação ambiental. "O somatório do comportamento adequado de cada pessoa contribui para melhoria do ambiente, que deve ser, sempre, respeitado", diz.


A engenheira agrônoma Clementina Rossin, a organizadora do plantio celebrativo, observa que uma boa parte da população possui uma visão equivocada acerca do meio ambiente. "Normalmente, as pessoas acham que cuidar do meio ambiente é só plantar uma muda aqui, outra acolá", afirma. "Mas o meio ambiente é algo muito mais amplo, envolve o tratamento adequado de resíduos sólidos, a proteção de florestas, matas ciliares, a conservação da água, o respeito à fauna, o tratamento de esgoto e outras atividades que são executadas pela Sedema", salienta a responsável pelo Viveiro Municipal de Mudas.


"Hoje, plantamos quatro mudas produzidas no Viveiro Municipal, sendo três ipês-brancos e um jequitibá-rosa, espécie símbolo do Jardim Botânico de Piracicaba", comenta Juliana Gonçalez Gragnani, analista ambiental da Sedema e coordenadora dos estudos para a implementação do Jardim Botânico - equipamento público criado por meio do Decreto 17.377/2018 com a missão de conservar, valorizar e difundir a importância do bioma Mata Atlântica, especialmente a Floresta Estacional Semidecidual, típica da região de Piracicaba.


Giovanni Batista, analista ambiental da Sedema e membro do Comitê Gestor da Área de Visitação Pública da Estação Experimental de Tupi (Horto de Tupi), diz que é necessária "a reflexão sobre as ações dos seres humanos com relação ao Meio Ambiente". "Esperamos que atos como esse possam estimular a população a participar cada vez mais dos debates e projetos relacionados ao tema, pois somente um meio ambiente em equilíbrio poderá gerar qualidade de vida a todos nós", afirma. "Conheçam os diversos programas da Sedema através de seus canais de comunicação e participem da construção de uma Piracicaba mais sustentável", convida o gestor do Horto de Tupi.


05/06/2020


"'Live' vai discutir a importância das Áreas Protegidas"



Autor: Marcelo Rocha

Será realizada nesta sexta-feira (5), das 17h às 18h, a live "Um Diálogo sobre as Áreas Protegidas na Região de Piracicaba". O evento - que será transmitido pelo Facebook - vai contar com a participação do secretário municipal de Defesa do Meio Ambiente de Piracicaba, José Otávio Menten, do ambientalista Cláudio Maretti, que é ex-presidente do Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio) e ex-superintendente do World Wildlife Fund Brasil (WWF), e de João Marcelo Elias, gestor da Área de Proteção Ambiental (APA) e da Estação Ecológica (ESEC) Barreiro Rico, ambas da Fundação para a Conservação e a Produção Florestal do Estado de São Paulo.

A live será transmitida pela página do Facebook que é mantida pelo presidente do Instituto Reserva da Biosfera da Mata Atlântica, Warwick Manfrinato, engenheiro agrônomo que será o moderador da jornada virtual. O link para acompanhar a live é o facebook.com/warwick.manfrinato

"As áreas protegidas são e serão cada vez mais importantes para termos uma vida saudável. É fundamental que sejam bem cuidadas e disponibilizadas para a população usufrui-las de forma apropriada", declara o secretário Menten.

O Horto de Tupi, salienta o secretário, é um exemplo dessa importância, tanto que a Prefeitura de Piracicaba tem desenvolvido ações para aproximá-lo das pessoas. "Outras áreas também estão à disposição da população, como o Parque da Rua do Porto, enquanto que algumas têm que ficar mais populares, como a Estação Ecológica de Ibicatu, e outras estão sendo construídas, a exemplo do Jardim Botânico", lista Menten.

As áreas protegidas são um patrimônio das pessoas e do país e têm um papel muito importante na saúde de uma região, das cidades e dos cidadãos, observa Manfrinato.

No encontro virtual será discutida a importância das áreas protegidas, como a população pode fazer uso das mesmas, quais são os problemas e como a sociedade e o poder público local trabalham esse assunto.

"Nesta live vamos conversar com algumas pessoas que trabalham diretamente em áreas protegidas públicas e também ajudam proprietários rurais a conservar e dar destino adequado para suas florestas conservadas", explica o moderador, que também vai atender perguntas dos internautas.


03/06/2020


"Campo do Sol Nascente recebe plantio de grama"



Autor: Leandro Bollis

O campo de futebol do bairro Sol Nascente recebe o plantio de aproximadamente 5.000 metros quadrados de grama esmeralda, em mais uma etapa da reforma e ampliação do local que irá beneficiar ainda os moradores dos bairros Alvorada I e II, Itamaracá, Chapadão e Itaberá.

O investimento público na melhoria campo, que está localizado entre a avenida Franco da Rocha e a rua Elias Fausto, é de R$ 98.697,88 e a estimativa é que a obra seja concluída ainda esse mês. Após o plantio de grama, as traves serão instaladas.

Inaugurado em 2011, o local contava com um campo de areia e outro de campo de grama. Os dois agora estão sendo transformados num campo gramado oficial, informa o Setor de Obras da Sedema.

Após a desativação dos campos, foram inciados os serviços de terraplanagem, a reforma de 880 metros quadrados (m²) do alambrado, a construção de 560 m² de alambrado novo e de um muro de contenção entre o campo e a via pública.

Para o prefeito Barjas Negri, a Prefeitura cumpre mais uma ação positiva no segmento esportivo. ?Mais um campo de futebol que será reformado em nosso município fortalecendo o futebol amador que é detentor de importantes resultados?, disse.

Segundo ele, o objetivo da reforma é oferecer à população piracicabana áreas de lazer, revitalizações públicas e mais qualidade de vida.


03/06/2020


"Sedema realiza limpeza de guias, sarjetas e calçadas públicas"



Autor: Marcelo Rocha/Fotos: Divulgação

A Secretaria Municipal de Defesa do Meio Ambiente (Sedema) intensificou os serviços de manutenção de guias, sarjetas e calçadas públicas em diversas avenidas e ruas da cidade desde o mês de abril.

Equipes da Prefeitura de Piracicaba estão executando serviços em locais como as avenidas Armando de Salles Oliveira, Carlos Botelho, Saldanha Marinho, Torquato da Silva Leitão, Edne Rontani Bassete, Cristóvão Colombo, Presidente Kennedy, Pedro Morganti, e em ruas como Rosário, Alferes José Caetano, São João, José Micheletti, Dr. Alvim e Dr. João Sampaio, entre outras vias públicas.

"Estamos fazendo uma capinação manual e também a raspagem das sarjetas e guias onde normalmente ocorre o acúmulo de terra e outros resíduos, para manter a cidade limpa e prevenir que esse material não seja levado para dentro dos bueiros", explica Sinval de Jesus Sarto, diretor do Setor de Manutenção de Áreas Verdes da Sedema - departamento responsável conservação de áreas verdes, jardinagem (em praças, academias ao ar livre e outros espaços públicos) e dos 30 campos de futebol distribuídos pelos bairros da cidade.

De acordo com Sarto, o setor está com cerca de 160 pedidos de manutenção - de áreas verdes, calçadas públicas, guias e sarjetas - feitos por meio do Serviço de Informação à População (SIP 156). "Todas as nossas equipes estão com uma enxadinha na mão, quando avistam um matinho em alguma calçada ou guia já fazem a limpeza", observa Sarto.

"A Prefeitura de Piracicaba, por meio da Sedema, tem realizado a limpeza de guias e sarjetas das avenidas e ruas da cidade. Nas áreas áreas adotadas por parceiros da iniciativa privada, esta ação é realizada pelos adotantes", declara o secretário de Defesa do meio Ambiente, José Otávio Menten.


PARTICULARES - A Sedema ainda observa que no caso de calçadas particulares elas são de responsabilidade dos proprietários dos imóveis correspondentes.
A pasta orienta que os responsáveis por calçadas privadas mantenham essas áreas conservadas, evitando assim possíveis multas e a proliferação de doenças e bichos peçonhentos. ?Em geral, os proprietários dos imóveis, ao fazerem a limpeza de suas calçadas, incluem as guias e sarjetas. O problema é mais frequente nos imóveis desocupados. É importante salientar que guias e sarjetas limpas facilitam a varrição da cidade?, acrescenta o mandatário da Sedema.


1.300 HECTARES DE ÁREA VERDE - A Sedema é responsável pela conservação de cerca de 13 milhões m² de áreas verdes públicas (1.300 hectares). A execução dos serviços nesse território - que equivale a 1.300 campos de futebol - é feita a cada dois meses em 12 regiões estabelecidas, mensalmente no circuito de jardinagem e a cada 15 dias nos campos de futebol.

Na última semana, as equipes da empresa terceirizada Ecoterra (prestadora de serviços à Sedema) realizaram serviços rotineiros de manutenção nos seguintes bairros do município: Jardim Brasília; Santa Cecília; Parque Peória; São Benedito; Santa Rosa; Jupiá; Sol Nascente; Cecap; Vila Monteiro; Taquaral; Noiva da Colina; Vila Rios; Vila Bessy; Altos do São Francisco; Bongue; Panorama; Eldorado; Morumbi; Alvorada; Nova Iguaçu; Santa Rita; Campos do Conde; e Nova Piracicaba.


29/05/2020


"Sedema promove ações para celebrar Dia do Meio Ambiente"




Autor: Marcelo Rocha/ Foto: Valdir Felipe

A Secretaria Municipal de Defesa do Meio Ambiente (Sedema) promove, a partir da próxima segunda-feira (01/06) e ao longo do mês de junho, uma série de atividades virtuais em celebração ao Dia Mundial do Meio Ambiente (05 de junho). Entre as ações organizadas pela pasta - por meio do Núcleo de Educação Ambiental (NEA) - estão transmissões de entrevistas na Rádio Educativa FM, uma videoconferência ('webinar') sobre as aves que habitam o Horto de Tupi e vídeos mostrando os bastidores e a rotina de alguns setores da Sedema, que serão postados nas redes sociais.

Durante a Semana do Meio Ambiente (de 1º a 5 de junho), a Rádio Educativa vai transmitir, de segunda a sexta-feira, sempre às 9h30, entrevistas com gestores da Sedema que falarão sobre as atividades e serviços que são executados no município pela pasta. A cada dia haverá um convidado especial no estúdio: o secretário de Defesa do Meio Ambiente José Otávio Menten (01/06); a bióloga e especialista em educação ambiental do NEA, Elizabeth da Silveira Nunes Salles (02/06); o chefe da divisão de obras da Sedema, Márcio Antônio Maruko (03/06); o diretor do Setor de Controle Ambiental, Carlos César Ambrosano (04/06); e a engenheira agrônoma e coordenadora do Viveiro Municipal de Mudas, Clementina Rossin.

Na terça-feira (02/06), a partir das 18h, será realizada a videoconferência ('webinar') "As Aves do Horto de Tupi". O evento virtual é uma realização da Prefeitura de Piracicaba, por meio da Secretaria Municipal de Defesa do Meio Ambiente (Sedema), em parceria com a Secretaria de Infraestrutura e Meio Ambiente (SIMA), por meio do Instituto Florestal (IF). A transmissão será através de uma plataforma digital de comunicação, com capacidade para comportar até 250 pessoas. Para acompanhar a 'webinar' basta acessar o link https://is.gd/tzJkcN.

A 'webinar' terá a participação de biólogos, especialistas e educadores ambientais que discutirão temas relacionados às aves do Horto, sua importância ecológica e como se relacionam com a floresta. O encontro vai reunir o biólogo de observação de aves Valdir Felipe, o pesquisador científico do Instituto Florestal Alexsander Antunes, a especialista ambiental do IF Maria Luísa Bonazzi Palmieri e a a bióloga Elizabeth da Silveira Nunes Salles (NEA).

GRAVAÇÕES DE BASTIDORES - Ao longo de junho também haverá a gravação, e posterior divulgação, de vídeos exibindo a cotidiano e os bastidores de alguns departamentos e áreas de responsabilidade da Sedema. "A partir da ótima experiência da 'live' nos bastidores do Zoológico de Piracicaba, que teve uma ótima repercussão nas redes sociais, a Sedema decidiu apresentar os bastidores de outros importantes setores e serviços realizados pela secretaria. Porém, ao invés de 'lives', os bastidores serão apresentados nas redes sociais por meio de vídeos descontraídos. Os vídeos serão disponibilizados no Facebook e Instagram da Sedema e do NEA", explica Elizabeth.

Os vídeos mostrarão o Disk Animais, o Municipal de Mudas (no Santa Rita), os parques urbanos do município e o trabalho executado pelo Setor de Gerenciamento de Resíduos Sólidos.


29/05/2020


"Sedema executa obras e serviços pela cidade"




Autor: Marcelo Rocha/Fotos: Divulgação

O Setor de Arborização da Sedema realizou, por meio da empresa terceirizada Engemaia, serviços de podas e cortes no Centro Rural de Tanquinho e na Escola Estadual Professor João Alves de Almeida, também no bairro rural.

Além desses serviços foram executadas podas na avenida Orlândia - no Loteamento São Francisco - e em áreas do bairro Santa Rita.

Houve ainda destocas de árvores nos bairros Parque Piracicaba, São Dimas e Santa Rosa, e o plantio em calçadas de diversos bairros da cidade. O Viveiro de Mudas informa que no período entre 21 e 27 de maio foram plantadas 95 mudas de árvores nativas nas calçadas da cidade. Todas solicitadas por munícipes por meio do SIP 156 da Prefeitura de Piracicaba.

DESINFECÇÃO - Durante a última semana, as ações de desinfecção percorreram locais como: Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), Tiro de Guerra (TG 02-028), Estação da Paulista, Casa de Amparos aos Idosos Vovó Sônia, Rua do Porto, agências da Caixa Econômica Federal, unidades do Serviço Municipal de Água Esgoto (Semae), Sistema Integrado de Transportes da Secretaria de Saúde (Sitts), Unidade de Polícia Judiciária, Plantão Policial, Penitenciária Feminina, Cemitérios - da Saudade, Vila Rezende e Parque da Ressurreição -, Casa de Acolhimento (avenida Pompeia), Hospital dos Fornecedores de Cana (HFC), Santa Casa de Piracicaba, Hospital Unimed, Pronto Atendimento Infantil (PAI), Central de Ortopedia e Traumatologia (COT), Ambulatório Médico de Especialidades (AME), Emergências do Coração (Emcor), Instituto de Urologia de Piracicaba (IUP), Centro Clínico, Previlab, Unidades de Pronto Atendimento (UPA) da Vila Cristina, Vila Rezende, Piracicamirim, terminais de ônibus São Jorge, Pauliceia, Cecap e TCI (Terminal Central de Integração).

Esse trabalho de higienização é coordenado pela Defesa Civil e realizado com a participação de equipes da Sedema, Sexcretaria de Agricultura e Abastecimento (Sema), Secretaria Municipal de Trânsito e Transportes (Semuttran), Secretaria Municipal de Sáude (SMS), Brigada de Emergência, colaboradores da Piracicaba Ambiental e da iniciativa privada.

ÁREAS VERDES - A empresa terceirizada Ecoterra realizou manutenção de áreas verdes nos bairros: Jardim Brasília; Santa Cecília; Parque Peória; São Benedito; Santa Rosa; Jupiá; Sol Nascente; Cecap; Vila Monteiro; Taquaral; Noiva da Colina; Vila Rios; Vila Bessy; Altos do São Francisco; Bongue; Panorama; Eldorado; Morumbi; Alvorada; Nova Iguaçu; Santa Rita; Campos do Conde; e Nova Piracicaba.

Os serviços englobaram áreas verdes de Tupi, Ártemis, o Complexo Esportivo da Pauliceia, o Parque do Piracicamirim, o trevo da Klabin, as praças Pelourinho e da Bíblia e as avenidas Cássio Paschoal Padovani, Centenário, Nossa Senhora do Carmo, Pádua Dias e 31 de Março. E também trabalhos de conservação de guias e sarjetas das avenidas Carlos Botelho, Torquato da Silva Leitão, Edne Rontani Basset e Cristóvão Colombo, e das ruas do Rosário, Alferes José Caetano, São João e José Micheletti.

Equipes da Sedema fizeram a manutenção na rede elétrica da praça José Bonifácio, onde um curto-circuito havia deixado parte da praça e o pont de táxi (da rua Prudente Moraes) sem energia elétrica.

OBRAS - O Setor de Obras da Sedema está com as seguintes obras em andamento: início da construção da sede do Jardim Botânico (Santa Rita); construção da academia ao ar livre no Jardim Primavera; início da construção da praça no Jardim Primavera (avenida Marechal Costa e Silva); construção da praça no Parque Orlanda (rua Praga); manutenção e instalação de novos alambrados no campo de futebol do Jardim Caxambu; ampliação do campo de futebol do bairro Sol Nascente; reforma do imóvel 23 do Horto de Tupi /Estação Experimental de Tupi; construção da academia ao ar livre do Jardim Itapuã; construção de acadamia ao ar livre nos Residenciais Ypes, Piracicaba I, II e III, na Vila Sônia; manutenção pontual do piso da pista de caminhada do Mário Dedini (rua Olga Pagoto Santiago); manutenção das academias ao ar livre e dos brinquedos dos Centros de Lazer Chapadão, Ártemis, Lago Azul, parques da Estação da Paulista e da Rua do Porto; manutenção dos campos de areia do Centro de Lazer São Francisco Taquaral.

RESÍDUOS SÓLIDOS - O setor de Gerenciamento de Resíduos Sólidos da Sedema executou os serviços de recolhimento de material depositado pela população nos oito Ecopontos do município.


LIXO, LIMPEZA E VARRIÇÃO - itinerário das equipes da empresa concessionária Piracicaba Ambiental incluíram: os varejões municipais da Paulista, da Alvorada, Mário Dedini; o varejão Drive Thru (na rua Antônio Fazanaro); o estacionamento da Estação da Paulista; praça José Bonifácio (mutirão de limpeza e varrição); área central da Rua do Porto; na avenida Cristóvão Colombo; e nos bairros Bosques do Lenheiro e Monte Cristo, onde também houve a coleta de resíduos e entulho.


EDUCAÇÃO AMBIENTAL - O Núcleo de Educação Ambiental (NEA) lançou a Campanha Contra as Queimadas, alertando que os incêndios em áreas verdes se intensificam durante o período da estiagem (de maio a setembro). Só no ano passado foram registrados 591 incêndios em Piracicaba, segundo dados do Corpo de Bombeiros. A ação educativa visa orientar a população quanto aos fatores de risco (queima de lixo, pneus e outros materiais) e reforçar a existência de serviços no município para o descarte adequado de resíduos - coleta de lixo doméstica, Catacacareco, Coleta Seletiva, Ecopontos, Cooperativa do Reciclador Solidário, Central de Tratamento de Resíduos e outros.


CEMITÉRIOS - Os serviços de sepultamentos, manutenção e limpeza nos cemitérios públicos municipais (Saudade, Vila Rezende e Ibitiruna) continuam sendo executados normalmente.


BANHEIROS - A limpeza, higienização e manutenção dos 23 banheiros públicos da cidade também segue a programação rotineira. A terceirizada tem 52 funcionários trabalhando na limpeza dos sanitários do município.


28/05/2020


"Sedema vai lançar Campanha Contra Queimadas"



Autor: Marcelo Rocha

A Secretaria Municipal de Defesa do Meio Ambiente (Sedema), por meio do Núcleo de Educação Ambiental (NEA), vai lançar uma campanha de conscientização contra as queimadas na cidade. A ação pretende orientar a população de Piracicaba sobre vários fatores causadores de incêndios - como a queima de lixo, pneus e o descarte de bitucas de cigarro, entre outros -, e os locais disponíveis na cidade para o descarte adequado dos vários tipos de resíduos sólidos.

O objetivo da campanha é reduzir o número de queimadas que ocorrem durante a estiagem, período que se estende de maio até setembro. Ao longo de 2019, a cidade registrou um total 591 casos de incê