SEDEMA em AÇÃO - Estudo sobre o Jardim Botânico de Piracicaba integra guia sobre plantas da Mata Atlântica

SEDEMA em AÇÃO - Estudo sobre o Jardim Botânico de Piracicaba integra guia sobre plantas da Mata AtlânticaSEDEMA em AÇÃO - Estudo sobre o Jardim Botânico de Piracicaba integra guia sobre plantas da Mata Atlântica

SEDEMA em AÇÃO






Secretário: Alex Gama Salvaia



A SEDEMA - Secretaria de Defesa do Meio Ambiente de Piracicaba, vem executando diversas obras e melhorias visando maior conforto da população de nossa cidade.





DESTAQUE





22/06/2022

Estudo sobre o Jardim Botânico de Piracicaba integra guia sobre plantas da Mata Atlântica




O Museu Histórico e Pedagógico Prudente de Moraes sedia nesta sexta-feira, 24/06, a partir das 19h30, o lançamento do livro Guia das Plantas da Mata Atlântica ? Floresta Estacional. A entrada no evento, organizado pelo IHGP (Instituto Histórico e Geográfico de Piracicaba), é gratuita. O livro tem 360 páginas, é ilustrado e contém estudo de planejamento da composição florística do Jardim Botânico de Piracicaba, o qual possui como missão a conservação da flora das florestas estacionais.

A obra, que foi impressa pela Editora LPE, é um trabalho conjunto dos estudiosos Vinicius Castro Souza, Cássio Patrocínio Toledo, Daniela Sampaio, Narcísio Costa Bígio, Gabriel Dalla Colletta, Natalia Macedo Ivanauskas e Thiago Bevilacqua Flores. Nela, o Jardim Botânico de Piracicaba é descrito em toda sua formação, desde seu diagnóstico de paisagem, zoneamento de área e florística, como base para implantação de espécies, canteiros e maciço.

Segundo Vinícius Castro Souza, que é professor da USP (Universidade de São Paulo) e foi diretor da Escola Nacional de Botânica Tropical do Jardim Botânico do Rio de Janeiro, o livro cataloga as plantas das Florestas Estacionais existentes na Mata Atlântica. "Ele é destinado aos botânicos e profissionais da área ambiental e àqueles interessados pela flora brasileira, apresentando mais de 1.000 fotografias de plantas, além de conteúdo que auxilia no reconhecimento das espécies e na caracterização das florestas estacionais do Brasil", explicou.

Ainda conforme o autor, na Mata Atlântica, com ênfase à situada na porção interiorana, ocorre a Floresta Estacional, a qual apresenta comportamento peculiar no período seco ou mais frio, quando a maior parte das árvores perde as folhas, voltando a recuperá-las no início das chuvas. Esse fenômeno pode ser observado principalmente nas maiores árvores desta floresta, como os angicos, jequitibás, perobas, paineiras e jacarandás.

SERVIÇO - Lançamento do livro Guia das Plantas da Mata Atlântica ? Floresta Estacional. Sexta-feira (24/06), às 19h30, no Museu Prudente de Moraes (rua Santo Antônio, 641, Centro). Entrada gratuita. Mais informações: (19) 3422-3069.



15/06/2022

Prefeitura faz manutenção na ponte da Trilha do Limoeiro, no Horto do Tupi



Autor: Texto e fotos: Thaís Passos/Sema

Nesta semana, a ponte da Trilha do Limoeiro, dentro do Horto Florestal de Tupi, começou a ser reconstruída pela Prefeitura de Piracicaba, por meio da Sema (Secretaria Municipal de Agricultura e Abastecimento).

A equipe da secretaria, responsável pela restauração e conservação de 148 pontes rurais de Piracicaba, já havia feito a reconstrução desta ponte em dezembro, mas, por conta das fortes chuvas que atingiram a região nos primeiros meses do ano, e com a elevação da água do rio, a ponte ficou, novamente, parcialmente danificada.

Dessa vez, a equipe prevê a recuperação em 10 dias de trabalho e está colocando mais reforços com cabos de aço nos esteios, feitos com madeira de eucalipto.

"A ponte da Trilha do Limoeiro é de grande importância para o Horto no que diz respeito ao acesso de veículos para combate a possíveis incêndios florestais e muito utilizada por pedestres e ciclistas", explica o membro do Comitê Gestor do Horto de Tupi e analista ambiental, Giovanni Batista Campos.

ESTRADAS - Desde o último sábado, 11/06, até esta quarta-feira, 15/06, a equipe da Sema fez manutenções em seis estradas da zona rural.

Foi feita manutenção e assentamento de tubulação na estrada Fortunato Dias de Campo (PIR 018/260), na região do bairro Monte Branco. No bairro Zuim, a equipe continuou os trabalhos na estrada PIR 246, concluindo a aplicação de pedregulho e lajão britado.

Agora há máquinas trabalhando no local e fazendo reparos na PIR 010/264, no bairro Volta Grande, na PIR 248, no bairro Serrote, e na região do bairro Pau Queimado, nas estradas PIR 009S e PIR 007W.


15/06/2022

Finalizado o desassoreamento do segundo trecho do ribeirão Piracicamirim




Autor: Texto: Andressa Mota/CCS

O trecho de aproximadamente 1.000 metros do ribeirão Piracicamirim no bairro Bosque da Água Branca teve o desassoreado finalizado hoje, terça-feira, 14/06. O serviço ali começou em 31/05 e contemplou ainda o entroncamento com o córrego Água Branca.

Essa foi a segunda etapa do serviço de desassoreamento que Piracicaba foi contemplada pelo programa Rios Vivos, do Governo do Estado, por meio do DAEE (Departamento de Águas e Energia Elétrica). A Prefeitura pleiteou a participação do município no programa a partir de projeto desenvolvido pela Secretaria Municipal de Defesa do Meio Ambiente (Sedema) e da Defesa Civil, detalhando as necessidades do ribeirão Piracicamirim.

Entre os resíduos retirados desse trecho, de acordo com Odair Mello, da Defesa Civil, estão areia, cascalho, pneu, lixo, galhos de árvores, lama, entre outros. O material foi transportado para área licenciada. O balanço da quantidade retirada está sendo computado.

Ao todo, aproximadamente 3.500 metros do ribeirão Piracicamirim vão receber o serviço. A terceira e última etapa teve início hoje, 14/06, e vai atender cerca de 1.000 metros do ribeirão Piracicamirim, no bairro Maracanã. A obra tem por objetivo prevenir enchentes na região dos bairros Piracicamirim, Morumbi, Maracanã e Bosque da Água Branca.

O 1º trecho do serviço contemplou cerca de 1.500 metros do manancial entre as avenidas Piracicamirim e Cássio Paschoal Padovani.

PREPARAÇÃO DA ÁREA - A Prefeitura, por meio da Secretaria Municipal de Defesa do Meio Ambiente (Sedema), fiscaliza a execução do desassoreamento e é responsável pela preparação dos trechos para a entrada das máquinas. Equipes atuam nesta semana na rua José Maria Baltieri, no bairro Maracanã, para a retirada de leucenas, espécies invasoras, para proporcionar a entrada e manobra das máquinas e caminhões que fazem o serviço.




14/06/2022

Programa Plante Vida realiza o plantio de 40 mudas de árvores nativas




A Prefeitura de Piracicaba, por meio da Secretaria Municipal de Defesa de Meio Ambiente (Sedema), promoveu no último sábado, 11/06, às 9h, o 45º plantio de árvores do Programa Plante Vida: Nascemos Juntos para Viver. O evento, que também celebrou 15 anos de realização em 2022, aconteceu no Parque da Rua do Porto. Foram plantadas 40 mudas de árvores nativas das espécies araçá, cereja-do-rio-grande, pitanga, guanandi, guaçatonga, jequitibá, entre outras.

A ação foi direcionada a famílias com bebês nascidos no período entre março e maio de 2022 e demais interessados que não tiveram oportunidade de realizar o plantio de uma árvore para seu filho.

O Plante Vida integrou a programação das Semanas Integradas de Meio Ambiente de Piracicaba (Simapira).

O evento contou com a participação do secretário da Sedema, Alex Gama Salvaia, que destacou a relevância do evento. ?Esta edição do Plante Vida também foi em comemoração ao Dia do Meio Ambiente, celebrado no dia 05 de junho. Este é um programa realizado em parceria com as maternidades da cidade e, para cada nascimento, uma árvore é plantada. É um programa muito interessante e nós queremos incentivar mais famílias a estarem presentes nas próximas edições. A criança depois, quando for adulta, vai poder olhar aquela árvore e saber que foi plantada por conta de seu nascimento?, disse o titular da pasta.

Aline e Adriano Gazzola, pais das pequenas Manuela, de dois meses, e Maria Clara, de quatro anos, participaram da ação e plantaram uma árvore para cada uma das filhas. ?É simbólico fazer esse plantio. Futuramente vamos trazê-las aqui novamente para que elas saibam que essas árvores foram plantadas em virtude do nascimento delas. Isso também trabalha a consciência da preservação do meio ambiente e de quanto a natureza é importante. Queremos ainda parabenizar a Prefeitura de Piracicaba e os hospitais pela inciativa?, ressalta Aline.

O Plante Vida foi lançado em 2007 em parceria com as maternidades dos hospitais Fornecedores de Cana, Santa Casa e Unimed, com o objetivo de fortalecer o programa de arborização do município e prevê que, para cada criança nascida na cidade, se plante uma nova árvore. A ideia do projeto é estimular a percepção na população sobre os benefícios da arborização urbana.

"O plantio realizado sábado foi um marco importante para a história do Plante Vida, pois comemoramos 15 anos. Tivemos a presença de representantes dos Hospitais Unimed e Fornecedores de Cana e poder estreitar essa parceria é fundamental para a continuidade do projeto", destaca Laís Ferraz de Camargo, educadora ambiental no Núcleo de Educação Ambiental da Sedema.


10/06/2022

45ª edição do Programa Plante Vida acontece amanhã, 11/06




A Prefeitura de Piracicaba, por meio da Secretaria Municipal de Defesa de Meio Ambiente (Sedema), promove amanhã, sábado, 11/06, o 45º plantio de árvores do Programa Plante Vida: Nascemos Juntos para Viver. O evento, que comemora 15 anos, acontece no Parque da Rua do Porto, a partir das 9h. Serão plantadas cerca de 40 de mudas de árvores nativas ? a Sedema fez a abertura das covas para plantio na manhã de hoje, 10/06.

A ação é direcionada a famílias com bebês nascidos no período entre março e maio de 2022, mas todas as famílias que não tenham se cadastrado no programa e se interessem pelo plantio, ou então não tiveram oportunidade de realizar o plantio de uma árvore para seu filho, também são bem-vindas. Em média, por mês, nascem aproximadamente 450 crianças nos três hospitais maternidade de Piracicaba.

Esta edição do Plante Vida também comemora o Dia do Meio Ambiente, celebrado no último dia 05/06, e integra a programação das Semanas Integradas de Meio Ambiente de Piracicaba (Simapira).

O evento contará com a participação do secretário da Sedema, Alex Gama Salvaia, das famílias dos recém-nascidos e demais crianças e das equipes dos três hospitais maternidade e Sedema. O plantio será de árvores nativas, dentre elas indivíduos das espécies: araçá, cereja-do-rio-grande, pitanga, guanandi, guaçatonga, jequitibá, entre outras.

"O programa tem o objetivo de sensibilizar as famílias sobre a importância da arborização urbana, tendo a vida como meio para esse processo. Ou seja, as vidas da árvore e das crianças estão simbolicamente conectadas. Isso também possibilita criar uma relação das famílias com as árvores plantadas, já que elas poderão acompanhar o seu crescimento. Além disso, o Plante Vida tem um papel importante na arborização urbana de Piracicaba, pois desde o seu surgimento já foi o responsável pelo plantio de cerca de 65 mil árvores no município", destaca Laís Ferraz de Camargo, educadora ambiental no Núcleo de Educação Ambiental da Sedema.

O PROGRAMA - Lançado em 2007 com o objetivo de fortalecer o programa de arborização do município, o Plante Vida foi criado em parceria com as maternidades dos hospitais Fornecedores de Cana, Santa Casa e Unimed, e prevê que, para cada criança nascida na cidade, se plante uma nova árvore.

O Plante Vida nasceu como uma forma de estimular a percepção na população sobre os benefícios da arborização urbana: embeleza a cidade, fornece sombra, aumenta a umidade do ar, refresca a temperatura da cidade, combate enchentes, oferece alimento e abrigo aos animais, reduz estresse, reduz a poluição sonora, diminui o efeito estufa, ameniza a erosão, dentre outros.

SERVIÇO - Programa Plante Vida: Nascemos juntos para viver. Amanhã, 11/06, a partir das 9h, no Parque da Rua do Porto (entrada pelo portão ao lado da base da Guarda Civil Municipal).


09/06/2022

11/06 - Sedema abre inscrições para o Conheça o Jardim Botânico de Piracicaba




A Prefeitura, por meio da Secretaria Municipal de Defesa do Meio Ambiente (Sedema), abre amanhã, 09/06, as inscrições para quem deseja participar da atividade Conheça o Jardim Botânico de Piracicaba: Uso e Conservação de Plantas Aquáticas. O evento é realizado em parceria com o Hidrofitotério de Plantas Aquáticas do Departamento de Ciências Biológicas da Esalq/USP. A ação integra o calendário das Semanas Integradas do Meio Ambiente de Piracicaba (Simapira) e acontece no dia 25/06, das 9h às 12h.

"Qualquer pessoa interessada no tema pode participar. O objetivo do evento é apresentar a diversidade de plantas aquáticas existentes na Lagoa do Bairro Santa Rita, e aproximar a comunidade do Jardim Botânico de Piracicaba", ressalta Juliana Gragnani, analista ambiental da Sedema.

O cronograma conta com uma apresentação sobre as plantas aquáticas, uma saída a campo pelo entorno do Jardim Botânico e uma prática no Viveiro de Mudas. Dessa forma, a aproximação dos participantes com o Jardim Botânico será instigada durante todo o evento.

As inscrições podem ser feitas até o dia 19/06 pelo link: g2g.to/5n6w.

As vagas são limitadas e o preenchimento do formulário não garante a inscrição. A vaga será confirmada pela equipe da Sedema por meio dos contatos disponibilizados no formulário, por isso é importante que as informações estejam corretas. Mais informações pelo telefone (19) 3403-1368.

A programação completa da Simapira pode ser acessada no site: https://sedema.wixsite.com/sedema/semana.


SERVIÇO - Conheça o Jardim Botânico de Piracicaba: Uso e Conservação de Plantas Aquáticas. Sábado, 25/06, na Lagoa do Bairro Santa Rita (Rua Lívio Ferraciú, esquina com a Avenida dos Concepcionistas). Inscrições até o dia 19/06 pelo link: g2g.to/5n6w.



07/06/2022

11/06 - PROGRAMA PLANTE VIDA - Nascemos juntos para viver




A Secretaria Municipal de Defesa de Meio Ambiente ? Sedema promove no sábado, 11/06, o 45º plantio de árvores do Programa ?Plante Vida: Nascemos juntos para viver?, a partir das 9h. O evento, que também comemora os 15 anos do Programa, acontece no Parque da Rua do Porto (entrada pelo portão ao lado da base da Guarda Civil Municipal).

As famílias e os bebês nascidos no período de março/2022 a maio/2022 estão convidados. Porém, caso famílias que não tenham se cadastrado no programa se interessem pelo plantio ou então não tiveram oportunidade de realizar o plantio de uma árvore para seu filho, também serão bem vindas. Em média, por mês, nascem aproximadamente 450 crianças nos três hospitais maternidade de Piracicaba.

Este plantio também comemorará o Dia do Meio Ambiente, celebrado no dia 05/06 e integra a programação da SIMAPIRA - Semanas Integradas de Meio Ambiente de Piracicaba, que está sendo realizada de forma coletiva por várias instituições, inclusive pela Prefeitura Municipal.

O evento contará com a participação das famílias dos recém-nascidos e demais crianças e das equipes dos três hospitais maternidade e SEDEMA. Serão plantadas cerca de 40 de mudas de árvores nativas, dentre elas indivíduos das espécies: araçá, cereja do rio grande, pitanga, guanandi, guaçatonga, jequitibá, entre outras.

Mais informações:



Plante Vida - Cadastro




03/06/2022

Comclima redige a Política Municipal de Mudanças Climáticas




Autor: Texto: Andressa Mota/CCS

A Comclima (Comissão Municipal de Mudanças Climáticas) redige documento que vai orientar medidas de mitigação e adaptação para conter as mudanças climáticas em Piracicaba. Para debater e incluir as contribuições do Poder Público e Sociedade Civil, a Comissão realiza diversas reuniões temáticas na Secretaria Municipal de Defesa do Meio Ambiente (Sedema).

Hoje, quinta-feira, 02/06, foi a vez da Indústria, com a participação de representantes das empresas Dedini e Hyundai, do Simespi (Sindicato das Indústrias de Piracicaba), da Sedema e da Comclima.

O documento, chamado de Política Municipal de Mudanças Climáticas (PMMC), vai reunir diretrizes e objetivos para que as emissões de gases de efeito estufa pelo município sejam minimizadas e ajudar Piracicaba a tornar-se resiliente às mudanças climáticas.

"A Política Municipal é o documento público que vai embasar as ações do município nesse tema. Ela reunirá as principais orientações para que Piracicaba reduza suas emissões de gases do efeito estufa e se adapte aos impactos presentes e futuros sofridos pelos efeitos das mudanças climáticas. A Política deverá ser seguida de planos de ação, com metas e ações prioritárias a serem realizadas", explica o vice-presidente da Comclima, Bruno Vello.

Entre as reuniões já realizadas, englobando temas como energia, agropecuária, mudança de uso da terra, resíduos e adaptação, a PMMC foi amplamente discutida com órgãos como Sedema, Esalq/USP, Secretaria Municipal de Obras (Semob), Ipplap (Instituto de Planejamento e Pesquisas de Piracicaba), Fundação Florestal, Agência das Bacias PCJ, Defesa Civil, Corpo de Bombeiros, Serviço Municipal de Água e Esgoto (Semae), empresa Águas do Mirante, Secretaria Municipal de Mobilidade Urbana, Trânsito e Transportes (Semuttran) e Secretaria Municipal de Transportes Internos (Semutri).

Ainda serão realizadas reuniões com as Secretarias Municipais de Agricultura e Abastecimento (Sema), de Saúde, de Assistência e Desenvolvimento Social (Smads) e pela Empresa Municipal de Desenvolvimento Habitacional de Piracicaba (Emdhap).

A COMCLIMA - A Comclima foi instituída pela Lei Complementar nº 251/2010, alterada pelas Leis Complementares 420/2022 e 431/2022, e iniciou seus trabalhos em junho de 2021, com a eleição da diretoria. Seus objetivos são elaborar, revisar, tornar público, acompanhar, além de garantir e fiscalizar a implementação do Plano Municipal de Mitigação e Adaptação às Mudanças Climáticas, definindo metas e indicadores. Como metas, a Comclima propõe esforços de mitigação aos agentes causadores das mudanças climáticas e ajustes dos sistemas e da sociedade no enfrentamento aos impactos causados pelas mudanças climáticas.


03/06/2022

Segundo encontro do Programa Bacia Caipira acontece amanhã, sexta, 03/06




Com o tema Água, Áreas Naturais e Saúde: é Dando que se Recebe, o segundo encontro do Bacia Caipira acontece amanhã, 03/06, das 8h30 às 12h, no Centro de Visitantes da Estação Experimental de Tupi. A ação faz parte do calendário da Simapira (Semanas Integradas do Meio Ambiente de Piracicaba), que ocorre durante todo o mês de junho.

O Bacia Caipira é um programa de educação ambiental, fruto da parceria entre as Prefeituras de Piracicaba, por meio da Sedema, e Santa Barbara D?Oeste, o Departamento de Água e Esgoto de Santa Bárbara d?Oeste (DAEE), o Instituto de Pesquisas Ambientais, a Fundação Florestal e a OCA/Esalq/USP.

"Voltado para grupos da terceira idade dos dois municípios, o Bacia Caipira tem como objetivo integrar e proporcionar vivências ambientais, envolvendo temáticas como plantas medicinais, saúde e qualidade de vida, contato com a natureza, observação de fauna e flora", destaca Laís Ferraz de Camargo, educadora ambiental no Núcleo de Educação Ambiental da Sedema.

O destaque deste segundo encontro é a atividade intergeracional entre os grupos da terceira idade e alunos do 6º e 7º ano da Escola Estadual Pedro de Mello, localizada no bairro Tupi.

"Os alunos desenvolverão uma oficina de artesanato com os idosos, na disciplina eletiva Arte Ambiental Solidária. Tudo dentro do âmbito do PJ Tupi: educação integral e ambiental, também desenvolvido na Estação Experimental. Com isso, o programa possibilitará o encontro entre gerações, assim como a troca de vivências e experiências", finaliza Laís.

BANHO DE FLORESTA - No sábado, 04/06, das 8h às 12h, o Programa Vem pro Horto realiza Banho de Floresta e aula de ioga, com orientação da engenheira florestal Júlia Benfica Senra, do Laboratório de Educação e Política Ambiental ? OCA/Esalq/USP; do especialista ambiental do Instituto de Pesquisas Ambientais Maria Luísa Bonazzi Palmieri e do professor, ator e instrutor de ioga e ioga dance, Samuel Zanatta.

Aberta ao público, a ação acontece também na Estação Experimental de Tupi, com vagas limitadas a 40 participantes. O Banho de Floresta é uma imersão sensorial guiada por convites a determinados pensamentos e ações, na qual a floresta é vista como parceira e o foco é na experiência vivida, valorizando-se o silêncio e a contemplação, de modo a convidar os participantes a sair do ritmo acelerado da sociedade.

O evento é organizado pelo OCA/Esalq/USP, Sedema/Prefeitura de Piracicaba, Instituto de Pesquisas Ambientais (IPA) e Fundação Florestal (FF). Conta ainda com apoio da Semuttran, Guarda Civil e Tupi Transportes, que disponibilizará um ônibus gratuito para acesso ao Horto de Tupi, saindo da plataforma B03 do TCI, às 7h10.

SERVIÇO - Banho de Floresta e aula de ioga, sábado, 04/06, das 8h às 12h, na Estação Experimental de Tupi (Centro de Visitantes), localizada à rodovia Luiz de Queiroz, km 149. Inscrições limitadas pelo formulário: https://forms.gle/Ms5Eyrv3Y4noUG7G9. Mais informações: https://hortodetupi.wixsite.com/vemprohortotupi.

A programação completa da Simapira pode ser acessada no site: https://sedema.wixsite.com/sedema/semana.


19/05/2022

Workshop de Manejo Arbóreo: capacitação de credenciados / SEDEMA 2022



Inscrições de 25/05/2002 à 01/06/2022.

Realização:

Prefeitura do Município de Piracicaba
Secretaria de Defesa do Meio Ambiente (SEDEMA)

Apoio:

Secretaria Municipal de Ação Cultural (SEMAC)
ENGEMAIA
PROPARK
COPA ARBORISMO

Local:

Teatro Erotides de Campos (Teatro do Engenho) - Av. Dr. Maurice Allain, 454 - Vila Rezende, Piracicaba - SP.

Data:

06/06/2022 - Orientações Teóricas - 8h00
07/06/2022 - Instruções Práticas - 8h00

* O Certificado de Capacitação será entregue apenas com participação de 100% na Programação.

* O Certificado de Capacitação será enviado eletronicamente em formato PDF para o E-mail de Inscrição.

PROGRAMAÇÃO 06/06/2022



8h30 Abertura / Alex Gama Salvaia - Secretário da SEDEMA

9h00 Legislação municipal vigente/ Manual e Normas de Arborização / Robson Willians da Costa Silva - Núcleo de Arborização Urbana

9h30 Manejo Arbóreo Urbano / Rogério Goularte M. Gomes - ENGEMAIA

10h15 INTERVALO

10h30 Atividades da CPFL / Responsável técnico da CPFL

11h00 Mesa Redonda: Boas práticas de manejo arbóreo em áreas urbanas e redução de risco

12h00 Intervalo de Almoço

14h00 Manejo arbóreo digital em Piracicaba/SP: Avaliações e operações / Marcelo Leão - Propark

15h00 Responsabilidade dos credenciados / Robson Willians da Costa Silva - Núcleo de Arborização Urbana

15h15 INTERVALO

15h30 Técnicas e boas práticas de poda e supressão / Rogério Goularte M. Gomes - ENGEMAIA

17h Encerramento


PROGRAMAÇÃO 07/06/2022



8h30 Práticas de Segurança EM manejo arbóreo / Rogério Goularte M. Gomes - ENGEMAIA / Felipe Silveira - ARBOLAB

9h30 Práticas de Poda / Rogério Goularte M. Gomes - ENGEMAIA

12h00 Encerramento


CERTIFICADOS




* O Certificado de Capacitação será entregue apenas com participação de 100% na Programação.

* O Certificado de Capacitação será enviado eletronicamente em formato PDF para o E-mail de Inscrição.


Faça sua inscrição através do Link:





Workshop de Manejo Arbóreo




19/05/2022

Prefeitura desenvolve atividade que busca integrar alunos ao Horto Florestal




Autor: João J. de Souza- Fotos- Divulgação

Em ação coordenada pela Prefeitura, por meio Secretaria Municipal de Defesa do Meio Ambiente (Sedema), alunos e professores do 9º ano do Colégio Thales de Mileto visitaram o Horto de Tupi ontem, quarta-feira, 18/05, e participaram do Quiz do Horto, na Trilha da Biodiversidade, desenvolvido pelo Núcleo de Educação Ambiental (NEA), da Sedema, e os professores responsáveis pelos estudantes.

"A atividade teve por objetivo integrar os alunos ao espaço, promovendo uma vivência lúdica, aliada à construção de conhecimentos sobre a importância e função dessa área natural protegida", explica Elizabeth da Silveira Nunes Salles, bióloga do Núcleo de Educação Ambiental.

Durante a trilha, os participantes foram surpreendidos com a presença de um pequeno bando de macacos pregos, que trouxe muita alegria e curiosidade a todos, segundo os organizadores.

AGENDA ? Além das atividades de educação ambiental já desenvolvidas no Horto (Educatrilha na Escola; PJ Tupi Educação Integral e Ambiental; Bacia Caipira e Vem pro Horto), estão disponíveis agendas para visitas mediadas, cujo roteiro é elaborado de forma participativa entre as equipes de educação ambiental do NEA/Sedema e da Estação Experimental de Tupi e os professores das escolas interessadas. Para agendamento de visitas é necessário preencher um formulário disponível no site: https://neasedema.wixsite.com/educacaoambiental na aba "Solicitação de Atividades".




19/05/2022

Cuidado: Zoo modifica alimentação e recintos dos animais durante dias frios




Autor: CCS

O frio intenso não poupou ninguém, nem mesmo os animais do Zoo de Piracicaba. Tanto é que, para protegê-los, a Prefeitura, por meio da Secretaria Municipal de Defesa do Meio Ambiente (Sedema), já reforçou a alimentação dos animais e providenciou tendas para barrar o vento destes últimos dias.

A alimentação dos animais do Zoo foi enriquecida com diversos alimentos energéticos e com mais gordura saudável, com objetivo de garantir conforto térmico e energia a eles durante os dias mais frios. O amendoim foi acrescentado na dieta, assim como o coco e abacate, além de uma sopa quentinha.

"Além destas medidas, são promovidas também as atividades de enriquecimento ambiental, que quebram a rotina, proporcionando maior movimento e interação para os animais, melhorando a qualidade de vida e bem-estar", explica Paula Matias, bióloga do Zoo.

RECINTOS PROTEGIDOS - Para proteger os animais, os recintos das araras, papagaios e periquitos foram cobertos com lona. Para as aves maiores, como as araras, também é feito uma segunda barreira para reforço com mangueiras de bombeiro, feno e ninhos de madeira.

Para os mamíferos e de grande porte, a equipe prepara uma forração de feno sobre pallets, inclusive para os felinos que dormem nas áreas cobertas dos seus recintos. Para os primatas, preparam abrigos de madeira como se fossem ninhos.

Os recintos dos tucanos e corujas também recebem cortinas feitas com mangueiras de bombeiros para aquecer.

SERVIÇO ? O Zoológico Municipal de Piracicaba fica na avenida Marechal Castelo Branco, 426, Jardim Primavera. Funciona de terça a domingo, das 9h às 16h. Telefone: (19) 3421-3425.


19/05/2022

Horto de Tupi recebe novas árvores no estacionamento da área de visitantes




Autor: João J. de Souza- Fotos- Divulgação

A Prefeitura de Piracicaba, por meio da Secretaria Municipal de Defesa do Meio Ambiente (Sedema) e do Comitê Gestor da área de visitação pública da Estação Experimental de Tupi (Horto de Tupi), realizaram ontem, quarta-feira, 18/05, o plantio de 17 exemplares de árvores nativas no entorno do estacionamento da área de visitação pública do Horto.

As mudas plantadas são das espécies cássia grandis, pêssego do mato, eugenia sp, lixeira e coração de negro.
Giovanni Batista Campos, analista ambiental da Sedema e membro do Comitê Gestor da Área de Visitação Pública do Horto de Tupi, explica que esse plantio tem por finalidade o enriquecimento da flora do Horto com espécies nativas e também para fazer sombra nas áreas do estacionamento do parquinho.

"Essas mudas, quando se tornarem árvores adultas, também irão trazer sombreamento para o estacionamento da área de visitação pública e para os frequentadores do parquinho instalado no local", ressaltou.


17/05/2022

Piracicaba possui mais de 295 mil m² de áreas disponíveis para adoção




Autor: Texto: Maurício Cantoni/Fotos: Justino Lucente

Piracicaba possui mais de 295 mil m2 de áreas disponíveis para a adoção, entre rotatórias, canteiros nas avenidas e parques, segundo informação da Secretaria de Defesa do Meio ambiente (Sedema). A possibilidade, estabelecida através do Decreto nº 17.742/2019, que criou o "Programa Adote uma Área" e fez melhorias no programa de adoção que já existia, permite que munícipes e empresas privadas adotem áreas públicas, onde os adotantes se tornam responsáveis por toda a manutenção e jardinagem destes espaços. Em contrapartida, eles podem associar a sua marca à preservação do meio ambiente e responsabilidade social através de placas de sinalização e publicidade nas mídias sociais da Sedema.

Para iniciar o processo de adoção, os interessados devem primeiramente identificar o espaço público que lhes interessa e, posteriormente, protocolar no Térreo 2 da Prefeitura o requerimento padrão preenchido, a documentação necessária e o croqui da área. Caso não tenha uma área em mente, o interessado poderá entrar em contato com a Sedema pelo telefone (19) 3403-1256, para conhecer as áreas passíveis de adoção disponíveis.

Algumas das áreas disponíveis para adoção são: o canteiro central e rotatórias da Av. Francisco Luiz Rasera (16.726 m²), canteiro central e rotatórias da Av. 31 de Março (79.564 m²),canteiro central e rotatórias da Av. Higienópolis (51.003 m²), canteiro central e rotatórias da Av. Limeira (23.323 m²), canteiro central e rotatórias da Av. 1º de Agosto (25.423 m²), Parque Sta. Terezinha (14.483 m²), Parque Cecap(38.762 m²), Parque Estação da Paulista (35.449 m²)e Praça da Boyes (10.320m²).

Conforme explica Alex Gama Salvaia, titular da Pasta, os interessados podem apresentar um projeto próprio de adoção para as áreas ou optar por um dos pacotes oferecidos pela secretaria. Há o pacote básico, que inclui os serviços de manutenção de áreas verdes (roçada, despraguejamento e varrição); o pacote intermediário, que além da manutenção das áreas verdes, incluiu poda de indivíduos arbóreos, além do eventual plantio de espécies ornamentais (arbustos e forrações) e o pacote completo, que incluiu além do previsto nos pacotes anteriores, a recuperação e manutenção de edificações, equipamentos, instalações e mobiliário. Há também o pacote ambiental, voltado especificamente para áreas verdes e protegidas (APP´s), que inclui no pacote a remoção de leucenas e plantio de enriquecimento com espécies nativas.

ADOTANTES - O engenheiro Thiago Cella, como pessoa física, adotou recentemente a Praça Maria Cecília Seguezzi Binato, localizada na Av. Armando Salles de Oliveira, que possui aproximadamente 120 m² . Cella apresentou projeto contemplando iluminação, implantação de lixeiras recicláveis, bancos e toda a parte de paisagismo. Ele revelou que tomou a iniciativa para honrar a promessa que fez a um colega de profissão, com o compromisso de beneficiar assim todos os moradores do bairro.

Lúcia Lacorte, responsável pelo núcleo de Responsabilidade Socioambiental da Unimed Piracicaba, disse que a empresa participa do Adote uma Área desde 2002, antes mesmo que o programa passasse pelas alterações promovidas pelo Decreto nº 17.742/2019, cuidando atualmente de trechos das avenidas Carlos Botelho, Pádua Dias, Antonia Pazinato Sturion e Parque da Zona Leste, além da praça Pio XXIII, a conhecida praça dos Frades. "A Unimed Piracicaba, dentro de suas premissas de envolvimento com a comunidade, tem entre os escopos a responsabilidade ambiental. Portanto, além de ser positiva a associação da nossa marca à adoção de áreas, sabemos que estamos em consonância com as boas práticas de sustentabilidade", disse Lúcia.

A Helpmóvel realiza mensalmente ações de despraguejamento e manutenção dos gramados e plantas nas avenidas Independência e Centenário. Neste momento, a empresa tem se dedicado ao plantio de coqueiros danificados na Av. Centenário. Segundo o diretor administrativo, Dr. Aldo Tumolin Jr., a Prefeitura tem uma alta demanda de serviços e essa parceria ajuda que todos cuidem da cidade. "Toda iniciativa socioambiental traz benefícios para as partes envolvidas. Para nós não foi diferente, pois a população acaba atrelando a nossa imagem de cuidado com vidas através de socorro médico com o cuidado com a natureza" frisou.



13/05/2022

Urso Juco é transferido para santuário em Joanópolis




Autor: Texto: Andressa Mota/CCS

O urso-de-óculos Juco vai ganhar uma nova casa com 2 mil m² e diversos ambientes. Ele será transferido hoje, sexta-feira, 13/05, para a Associação Santuário Ecológico Rancho dos Gnomos (Aserg), organização não-governamental, em Joanópolis (SP). Juco sairá do Zoológico de Piracicaba hoje, no início da noite, em uma carreta do Santuário adaptada para o transporte de ursos. O Santuário não é aberto à visitação.

O transporte de Juco será acompanhado pelos fundadores da associação, Marcos e Sílvia Pompeu, e pela equipe técnica do Santuário. Sílvia conta que a carreta tem câmera para monitoramento durante o percurso e aspersor de ar para garantir que o ambiente esteja agradável durante toda a viagem.

Os preparativos para a entrada de Juco na carreta-transporte começaram na manhã de hoje. Juco entrou na carreta em seu tempo, por volta das 17h. Ao chegar no Santuário, Juco continuará na carreta para se habituar ao ambiente e será solto no seu novo recinto amanhã, sábado, 14/05. Tudo será novo, então ele vai precisar do tempo dele para assimilar isso", explica Sílvia.

Juco nasceu no Zoológico Municipal de Sorocaba em junho de 2015 e foi transferido para o Zoológico Municipal de Piracicaba em agosto de 2018. Durante sua estadia em Piracicaba, Juco recebeu alimentação balanceada de acordo com sua espécie e gosto, atividade de enriquecimento ambiental, tratamento veterinário diário e seus exames estão em dia. Ele também está em seu peso ideal, não tem problemas de saúde e nunca ficou doente, de acordo com sua ficha no Zoo.

A transferência de Juco para o Santuário visa proporcionar espaço mais adequado para o animal. O secretário municipal de Defesa do Meio Ambiente (Sedema), Alex Salvaia, em parceria com a vereadora Alessandra Bellucci, propôs ao Ministério Público, por meio da promotora do Gaema (Grupo de Atuação Especial de Defesa do Meio Ambiente), Alexandra Facciolli Martins, a transferência para o Santuário. O termo de doação foi assinado em outubro de 2021.

"O Santuário realiza um trabalho muito importante com os animais e temos certeza que o Juco terá lá todo cuidado que precisa, assim como já teve aqui, além do novo ambiente, que será maior, repleto de ambientes diferentes, como piscina e oca. Esse recinto foi construído especialmente para recebê-lo", afirma Salvaia.

A vereadora Alessandra Bellucci lembra que o habitat natural do urso-de-óculos são as Cordilheiras dos Andes e, como o Juco já nasceu em um zoológico, é importante que tenha um ambiente mais próximo possível ao natural. "Hoje em dia não dá mais para aceitar que animais exóticos, em especial aqueles que não são da nossa fauna, vivam em circo ou zoológico. Por isso a importância de ele viver em um santuário", afirma a vereadora.

RECINTO NO SANTUÁRIO - De acordo Marcos Pompeu, fundador do Santuário junto com sua esposa Sílvia, o recinto construído para Juco conta com áreas de contenção, cambiamento, tela ao redor e em cima, uma piscina de 200 mil litros, oca, vários decks, plataformas e troncos, além de ser toda gramada. "É um recinto que foi pensado, construído e preparado especialmente para o Juco. Pensamos em toda segurança possível para o recinto", afirma Pompeu.

"Joanópolis fica a 180 Km de Piracicaba, na divisa com Minas Gerais (MS). Ele vai ter toda a atenção da equipe técnica e dos fundadores, eu e minha esposa, que moramos no santuário. Ele será monitorado por um período até sua adaptação no novo recinto", comenta Pompeu.

De acordo com Pompeu, o recinto para Juco foi construído a partir de recursos arrecadados por meio de campanha promovida pela organização Casa do Consolador, parceira do Santuário Rancho dos Gnomos.



12/05/2022

Zoo e Paraíso da Criança estarão fechados para visitação amanhã, sexta, 13/05



Autor: CCS

A Prefeitura de Piracicaba, por meio da Secretaria Municipal de Defesa do Meio Ambiente (Sedema), informa que o Zoológico Municipal e o Paraíso da Criança estarão fechados para visitação amanhã, sexta-feira, 13/05. No sábado, o espaço funciona normalmente.

O Zoológico Municipal de Piracicaba abriga, aproximadamente 422 animais, sendo 283 aves divididas em 70 espécies; 86 exemplares de mamíferos divididos em 30 espécies; e 53 répteis, divididos em 10 espécies, além de animais exóticos.

SERVIÇO - O Zoológico Municipal de Piracicaba fica na avenida Marechal Castelo Branco, 426, Jardim Primavera. Funciona de terça a domingo, das 9h às 16h. Telefone: (19) 3421-3425.



11/05/2022

Sessão de cinema e trilha atraem mais de 60 pessoas ao Horto de Tupi




Autor: João J. de Souza- Fotos- Divulgação

A sessão de cinema com o filme Amazônia: o Despertar da Florestania, seguida de uma trilha noturna, realizadas na noite de sexta-feira, 06/05, atraiu cerca de 65 pessoas ao Horto Florestal de Tupi. O filme foi exibido em parceria com o Programa Ecofalantes Universidades e a trilha foi conduzida pela agência Nas Nuvens Ecoturismo, com 3 km de extensão. A programação integra o projeto Vem pro Horto, realizado pela Prefeitura, por meio da Secretaria Municipal de Defesa do Meio Ambiente (Sedema), Fundação Florestal, Instituto de Pesquisas Ambientais do Estado de São Paulo e OCA.

De acordo com os organizadores do evento, houve lista de espera para participar do evento. "Trata-se de uma proposta nova de evento. A aceitação foi enorme e os participantes gostaram tanto que a equipe organizadora está planejando uma nova edição do cinema com trilha noturna para o segundo semestre de 2022", explicou Giovanni Batista Campos, analista ambiental da Sedema e membro do Comitê Gestor da Área de Visitação Pública do Horto de Tupi.

FILME - Amazônia: o Despertar da Florestania, com direção de Christiane Torloni e Miguel Przewodowski, e participações especiais de Miriam Leitão e André Trigueiro, discute como o meio ambiente vem sendo tratado desde o início do século 20. A produção resgatou personagens históricos e reuniu depoimentos de representantes dos mais diversos segmentos ligados ao tema, incluindo indígenas, ambientalistas, jornalistas, artistas e intelectuais, entre outras pessoas que vêm lutando para preservar esse legado.

A professora Tainá-Rekã Wanderley de Pádua estava feliz por participar do evento. "Foi lindo. O céu estava maravilhoso, a trilha incrível e o filme mexeu demais comigo. Cheguei em casa cansada e feliz. Parabéns aos organizadores pela iniciativa", ressaltou.

Para o historiador Tchelo Andrade, o evento serviu para unir as pessoas, que puderam desfrutar de um lugar magnífico, como o Horto Florestal. "Estendo os meus agradecimentos aos organizadores pela iniciativa e torço que para que este evento perdure por muito tempo", disse.

A próxima atividade do Vem Pro Horto acontecerá no dia 28/05, às 9h, com a atividade círculo de mulheres: A História da Mulher e os Impactos Causados nos Papéis das Mulheres Contemporâneas, que será conduzida pela Curadoria da Alma Feminina.

TRANSPORTE - Todas as atividades do programa Vem pro Horto/2022 contam com o apoio da Secretaria Municipal de Mobilidade Urbana, Trânsito e Transportes (Semuttran) e da Tupi Transporte, que disponibilizam ônibus gratuito nos dias do evento, saindo do Terminal Central de Integração e que tem sido um diferencial para as atividades desenvolvidas no Horto.

Mesmo das pessoas que não quiserem participar dos eventos, mas querem conhecer o Horto podem utilizar o meio de transporte gratuito, que somente circula em dias e horários do evento.

O Horto de Tupi conta com Centro de Visitantes onde o visitante encontra todo apoio necessário à visitação, estacionamento, parquinho Infantil com uma Central de Recreação infantil com três torres, escorregador, balanço, gira-gira e gangorra; campo de futebol society, quiosques para piquenique (é proibido fazer churrasco ou qualquer outra atividade com a utilização de fogo), trilhas e toda infraestrutura necessária para receber bem os frequentadores.

SERVIÇO - O Horto de Tupi fica na rodovia Luiz de Queiroz, Km 149, SP-304 - Tupi, Piracicaba/SP. Funcionamento de segunda-feira a domingo, das 7h às 17h. Mais informações sobre agendamento de atividades educativas com acompanhamento da equipe de educação ambiental, acesse: https://hortodetupi.wixsite.com/comitegestor/eventos

Ou entre em contato com o Núcleo de Educação Ambiental da Sedema pelo telefone (19) 3417-9494.




05/05/2022

Cemitérios municipais devem receber cerca de 15 mil pessoas no fim de semana do Dia das Mães




Autor: CCS

Com uma expectativa de receber cerca de 15 mil pessoas no fim de semana do Dia das Mães, dias 07 e 08/05, sábado e domingo, a Prefeitura de Piracicaba, por meio da Secretaria Municipal de Defesa do Meio Ambiente (Sedema), executa limpeza e roçada, além de fazer a disposição de bebedouros móveis nos três cemitérios de responsabilidade da pasta, Saudade, Vila Rezende e Ibitiruna. Nos dois dias, os cemitérios da Saudade e Vila Rezende funcionam das 7h às 18h e o de Ibitiruna das 7h às 17h.

A limpeza de sepultura está liberada nos três cemitérios e a recomendação é que seja feita até o sábado, 07/05, para liberação no domingo, dia de maior movimento. O comércio de flores e velas está autorizado no entorno dos cemitérios da Saudade e Vila Resende, já o comércio de alimentação está liberado apenas no bolsão da Saudade. A fiscalização dos ambulantes será realizada pela Guarda Civil, a partir das 9h. Sobre a segurança, nos cemitérios da Saudade e Vila Rezende haverá uma viatura estacionada durante o horário de funcionamento de ambos.

A equipe do Programa Municipal de Controle do Aedes (PMCA) tem realizado vistorias semanais para garantir que os potenciais criadouros do mosquito Aedes Aegypti, transmissor da dengue, sejam exterminados. A Sedema não proíbe que os cidadãos levem vasos aos cemitérios, mas é preciso evitar os pratinhos e os envoltórios plásticos, que podem acumular água, servindo de abrigo para as larvas do mosquito.

CELEBRAÇÃO - Este ano não haverá missa no domingo, Dia das Mães, no Cemitério da Saudade e no da Vila Rezende. A celebração em homenagem às mães falecidas, no Cemitério da Saudade, será na segunda-feira, 09/05, às 7 horas, na Capela São Miguel Arcanjo.

LIMPEZA - O Dia das Mães é a segunda data do ano de maior movimento nos cemitérios municipais. A primeira é dia 02/11, Finados. A limpeza de túmulos é o ganha-pão de muitas pessoas, que são autorizadas a realizar o serviço pela Prefeitura e são contratadas diretamente pelas famílias. É o caso de Dulcinéia de Fátima Oliveira Almeida, 65 anos, e a filha Juliana Cristina de Almeida, 37 anos, que começam cedo o trabalho, às 7h, no Cemitério da Saudade. "Eu faço limpeza há 47 anos. Aqui eu conheci o meu marido, que era coveiro. E a minha filha me acompanha desde os 7 anos. Daqui tiramos nosso sustento e temos muito orgulho do nosso trabalho, procuro deixar tudo sempre limpinho e brilhando", conta Dulcinéia.

A limpeza de sepultura também começa cedo para Izilda Aparecida Cella, 64 anos, e para o filho, Emerson Gustavo Cella Antunes, 29 anos. "Nós limpamos cerca de 40 túmulos por dia, chegamos às 7h e ficamos até o meio-dia. Tomamos nosso café aqui e fazemos todo o trabalho. O Dia das Mães é sempre muito movimentado, eu faço este trabalho há 30 anos e meus pais também trabalhavam aqui", explica Izilda.

SERVIÇO - Cemitério da Saudade: Avenida Piracicamirim, 2201, Bairro Alto; Cemitério da Vila Rezende: Avenida Marechal Costa e Silva, 44, Jardim Primavera e Cemitério de Ibitiruna - Estrada Carlos Augusto da Silveira ? Ibitiruna.


05/05/2022

Urso Juco será transferido para o Santuário Rancho dos Gnomos na próxima semana




Autor: Texto: Andressa Mota/CCS

O urso-de-óculos Juco será transferido para a Associação Santuário Ecológico Rancho dos Gnomos (Aserg), organização não-governamental, em Joanópolis (SP), em 13/05, sexta-feira. Em seu novo local, Juco ganhará um recinto construído especialmente para ele, com 2 mil m² e diversos ambientes. O santuário é fechado para visitação pública. O transporte será feito em carreta-transporte da associação.

Juco nasceu no Zoológico Municipal de Socoraba em junho de 2015 e foi transferido para o Zoológico Municipal de Piracicaba em agosto de 2018. Por já conhecer os hábitos e preferências do animal, a equipe do Zoo de Piracicaba vai acompanhar o transporte de Juco.

O urso-de-óculos Juco recebe no Zoo de Piracicaba alimentação balanceada de acordo com sua espécie e gosto, atividade de enriquecimento ambiental, tratamento veterinário diário e seus exames estão em dia. Juco está em seu peso ideal, não tem problemas de saúde e nunca ficou doente, de acordo com sua ficha no Zoo.

Mas visando proporcionar espaço mais adequado para o animal, o secretário municipal de Defesa do Meio Ambiente (Sedema), Alex Salvaia, em parceria com a vereadora Alessandra Bellucci, propôs ao Ministério Público, por meio da promotora do Gaema (Grupo de Atuação Especial de Defesa do Meio Ambiente), Alexandra Facciolli Martins, a transferência para o Santuário. O termo de doação foi assinado em outubro de 2021.

"Fomos até Joanópolis para conhecer o Santuário, que realiza um trabalho muito importante com os animais. A partir daí, continuamos conversando e, para que essa transferência fosse possível, o Santuário precisaria construir um recinto para receber o Juco, o que foi feito. Lá ele terá um local grande e com diversos espaços, como piscina e oca", afirma Salvaia.

A vereadora Alessandra Bellucci lembra que o habitat natural do urso-de-óculos são as Cordilheiras dos Andes e, como o Juco já nasceu em um zoológico, é importante que tenha um ambiente mais próximo possível ao natural. ?Hoje em dia não dá mais para aceitar que animais exóticos, em especial aqueles que não são da nossa fauna, vivam em circo ou zoológico. Por isso a importância de ele viver em um santuário?, afirma a vereadora.

RECINTO NO SANTUÁRIO ? De acordo Marcos Pompeu, fundador do Santuário Rancho dos Gnomos junto com sua esposa Sílvia, o recinto construído para Juco conta com áreas de contenção, cambiamento, tela ao redor e em cima, uma piscina de 200 mil litros, oca, vários decks, plataformas e troncos, além de ser toda gramada. ?É um recinto que foi pensado, construído e preparado especialmente para o Juco. Pensamos em toda segurança possível para o recinto. Nossa equipe também está preparada para o transporte dele?, afirma Pompeu.

Joanópolis fica a 180 Km de Piracicaba, na divisa com Minas Gerais (MS). Pompeu conta que a equipe do Santuário dos Gnomos chegará a Piracicaba em 12/05 para os preparativos do transporte de Juco, que será feito em 13/05. Para a ambientação de Juco ao novo local, ele vai pernoitar na carreta-transporte e será solto em seu novo recinto no dia 14/05. "Ele vai ter toda a atenção da equipe técnica e dos fundadores, eu e minha esposa, que moramos no santuário. Ele será monitorado por um período até sua adaptação no novo recinto", comenta Pompeu.

De acordo com Pompeu, o recinto para Juco foi construído a partir de recursos arrecadados por meio de campanha promovida pela organização Casa do Consolador, parceira do Santuário Rancho dos Gnomos.





04/05/2022

Pelotão Ambiental atende em novo telefone



Autor: CCS

O Pelotão Ambiental da Guarda Civil Municipal tem novo número de telefone. Agora, além de acionar o Pelotão pelo 153 ou 156, a população conta com o número 3422-0200.

A reativação de uma linha exclusiva para o Pelotão foi necessária porque algumas regiões do município captam o sinal do telefone 153 - universal como número das guardas em diferentes municípios - de outras cidades, e os moradores destas localidades estavam com dificuldade de acionar o serviço neste formato, explica o subinspetor José Antônio Mendes de Matos, encarregado do Pelotão Ambiental. "Nós comunicamos ao comando sobre a dificuldade destas regiões e ele entendeu a necessidade da linha". Com a solicitação do Pelotão, o comandante da Guarda Civil, Sidney Miguel da Silva Nunes, se reuniu com o titular da Secretaria Municipal de Defesa do Meio Ambiente, Alex Gama Salvaia, para reativar uma linha fixa destinada ao Pelotão. "Com o telefone fixo sanamos esse problema", frisou Nunes.

O Pelotão Ambiental está localizado na rua Benedito Bonzon Penteado, 645, no Bairro Verde, sede da Guarda Civil. Sua competência é a fiscalização de imóveis abandonados, perturbação de sossego, intervenção em APP (Área de Proteção Permanente)/áreas verdes. O Pelotão também dá suporte às fiscalizações ambientais realizadas pela Divisão de Controle e Fiscalização da Secretaria Municipal de Defesa do Meio Ambiente (Sedema).



03/05/2022

Empresas que geram resíduos sólidos devem se cadastrar no portal da Prefeitura




As empresas ou estabelecimentos comerciais que produzem 400 ou mais litros de resíduos sólidos por dia devem fazer o cadastramento no Plano de Gerenciamento de Resíduos Sólidos (PGRS) até o dia 31/05, no portal da Prefeitura, no link http://www.piracicaba.sp.gov.br/cadastramento+pgrs.aspx. De acordo com a Secretaria de Defesa do Meio Ambiente (Sedema), o cadastramento é necessário para que as empresas obtenham a renovação da licença ambiental e o alvará de funcionamento. O não cadastramento também é passível de multa.

O prazo para cadastramento varia conforme a quantidade de resíduos sólidos que cada empresa ou estabelecimento comercial gera por dia. Para quem produz volume igual ou superior a 300 litros/dia, o cadastramento será de 1º/06 a 31/08, e quem gera 200 ou mais litros por dia pode se cadastrar de 1º/09 a 30/11. Quem gera quantidade menor que 200 litros não precisa fazer o cadastramento.

"A validade do cadastramento é por um período de três anos, a partir da sua data de emissão", destaca Sthefany Froner, assessora da Sedema.

São tratados como resíduos sólidos os materiais que sobram após esgotadas todas as possibilidades de reaproveitamento, reciclagem e tratamento, para os quais não há tecnologia ou viabilidade econômica para seu reaproveitamento e que devem ser dispostos em aterros devidamente licenciados.

É LEI - O PGRS, disposto na Lei Federal n° 12.305/2010, artigo 20 da LC n° 412/2020 e o Decreto Municipal n° 19.039/2022, é um documento técnico de identificação da quantidade de resíduos que são gerados por empresas de serviços públicos e saneamento básico, industriais, transporte, resíduos perigosos, atividades agropecuárias e silviculturas, comerciais e prestadores de serviços. Além disso, também regula práticas corretas e manejo, transporte e tratamento, bem como outros serviços.


03/05/2022

Comunidade prestigia atividades do programa Vem pro Horto




Autor: CCS

Cerca de 50 pessoas prestigiaram, no último sábado, 30/04, a oficina Energia, Lazer e Cidades Sustentáveis, realizada na Estação Experimental de Tupi, como parte do programa Vem pro Horto, que tem o objetivo de aproximar a comunidade do Horto e tornar o local um espaço ainda mais voltado à educação sustentável. Boa parte das pessoas estiveram no local pela primeira vez. A gratuidade do ônibus, que começou nesta atividade e seguirá por toda programação durante o ano, disponibilizado pela Secretaria Municipal de Mobilidade Urbana, Trânsito e Transportes, contribuiu para que mais pessoas aderissem à oficina.

Conduzida por Lucas Gimenez de Almeida, estudante de engenharia agronômica da Esalq/USP e participante do Raízes de Tupi, subgrupo da OCA/Esalq/USP, a atividade foi iniciada com uma aula de yoga, seguida de dinâmicas e uma roda de conversa e sensibilização sobre a questão da energia, a crise energética, a perspectiva de cidades sustentáveis e como é possível contribuir para tais mudanças por meio do lazer, do uso criativo do tempo livre.

Para Giovanni Batista Campos, analista ambiental da Secretaria Municipal de Defesa do Meio Ambiente (Sedema) e membro do Comitê Gestor da Área de Visitação Pública do Horto de Tupi, a atividade foi boa e alguns dos participantes conheceram o Horto nesta oportunidade, ratificando o propósito do programa. "Essa atividade do Vem pro Horto buscou o equilíbrio entre a natureza e o ser humano por meio da realização de uma aula de yoga e de uma roda de conversa sobre energia. Os participantes entraram em sintonia total com o local e puderam, além de contemplar a beleza cênica, compartilhar suas experiencias sobre o tema proposto. Importante destacarmos o número de participantes que foram ao Horto pela primeira vez. O transporte disponibilizado de forma gratuita contribui e muito para o sucesso do evento.", explicou

O Vem pro Horto foi criado em 2018 e tem o objetivo de aproximar a comunidade do Horto e tornar o local um espaço ainda mais voltado à educação sustentável. A realização é da Prefeitura, por meio da Secretaria Municipal de Defesa do Meio Ambiente, do Instituto de Pesquisas Ambientais e da Fundação Florestal, além de diversos parceiros. Sua programação é construída de forma participativa no início de cada ano.

PRÓXIMAS ATIVIDADES ? Em maio há duas atividades previstas do Vem pro Horto e em ambas será disponibilizado transporte gratuito. Na próxima sexta-feira, 06/05, acontece, das 19h30 às 21h30, o Cinedebate do filme Amazônia: o Despertar da Florestania, seguido de trilha noturna. A parceira na realização da atividade é do Programa Ecofalante Universidades e da Nas Nuvens Ecoturismo. Para esta atividade é necessário inscrição prévia, que pode ser feita pelo link: https://docs.google.com/forms/d/e/1FAIpQLSd1VyhEK_cToGP2RmVn9J7clG6ZR3VdqbPpiDP


28/04/2022

Vem pro Horto: Prefeitura realiza oficina de energia, lazer e sustentabilidade no sábado, 30/04



Autor: CCS

A Estação Experimental de Tupi, mais conhecida como Horto de Tupi, sediará no próximo sábado, 30/04, das 9h às 12h, a oficina Energia, Lazer e Atividades Sustentáveis, ação que integra o programa Vem por Horto, que tem o objetivo de aproximar a comunidade do Horto e tornar o local um espaço ainda mais voltado à educação sustentável. Os interessados em participar do evento poderão chegar ao Horto de transporte público, em linha gratuita, com saída às 8h15 do Terminal Central de Integração (TCI), na plataforma B3, com destino ao Horto de Tupi, ou pegar o ônibus nas paradas localizadas no itinerário, que estará disponível amanhã, 28/04, no site da empresa TUPi tupitransporte.com.br/linhas-e-horarios). A programação do Vem pro Horto prossegue até o fim do ano, com atrações diversificadas para atingir diferentes públicos. A gratuidade do ônibus será estendida para todos os eventos.

A atividade do sábado, 30/04, começa com aula de ioga, seguida de roda de conversa e sensibilização sobre a questão da energia nos ecossistemas, a crise energética, a perspectiva de cidades sustentáveis, inclusive energeticamente, e o lazer. A atividade será conduzida pelo Raízes de Tupi, subgrupo do Laboratório de Educação e Política Ambiental - OCA da Esalq/USP (Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz) que atua no distrito de Tupi.

O programa, criado em 2018, tem realização da Prefeitura, por meio da Secretaria Municipal de Defesa do Meio Ambiente, Instituto de Pesquisas Ambientais e Fundação Florestal, além de diversos parceiros. Sua programação é construída de forma participativa no início de cada ano.

ÔNIBUS - A Secretaria Municipal de Mobilidade Urbana, Trânsito e Transportes, disponibilizará gratuitamente ônibus com saída do TCI, na plataforma B3, com a possibilidade também do interessado pegar o transporte nos pontos de ônibus localizados dentro do itinerário. Caso a pessoa vá pegar o ônibus no TCI, ela deve procurar o agente operacional na catraca e comunicar que tomará a linha gratuita que vai para o Horto. O ônibus sairá 8h15 do TCI e o retorno para o TCI será às 12h30.

O Horto Florestal de Tupi está localizado na Rodovia Luiz de Queiroz, Km 149 ? SP304.



Programação 2022 - Vem pro Horto:

30/04- 9h às 12h: Oficina Energia, lazer e cidades sustentáveis;

06/05-18h às 22h: Cinedebate do filme Amazônia: o Despertar da Florestania, seguido de trilha noturna;

28/05- 9h às 12h: Círculo de mulheres A história da mulher e os impactos causados nos papéis das mulheres contemporâneas;

04/06- 8h às 12h: Banho de floresta (atividade de percepção ambiental);

25/06- 9h às 12h: Oficina de saneamento ambiental, instalação de fossa ecológica;

09/07- 8h às 12h: Caminhada histórica e reflexões ecumênicas, como parte das comemorações do centenário de Tupi;

06/08- 10h às 16h: Apresentação musical e feira de empreendedorismo feminino;

13/08- 8h às 16h: Atividade de educação ambiental inclusiva;

24/09- 9h às 12h: Oficina do Mato ao Prato 4;

08/10- 9h às 12h: Dia da Agroecologia;

29/10- 9h às 12h: As abelhas no nosso dia a dia 3;

26/11- 7h às 9h: Observando as Aves no Horto de Tupi;

10/12 ? 9h às 12h: Evento de encerramento.



18/04/2022

Operação de desassoreamento do Piracicamirim já retirou cerca de 1.440 toneladas de resíduos



Autor: Texto: Andressa Mota/CCS | Fotos: Justino Lucente/CCS

A operação de desassoreamento do ribeirão Piracicamirim já retirou 120 caminhões de 12 toneladas de resíduos - cerca de 1.440 toneladas - do leito do manancial no trecho próximo ao Terminal Piracicamirim de Integração (TPI). O objetivo é prevenir enchentes na região. Piracicaba foi contemplada no programa Rios Vivos, do Governo do Estado, por meio do DAEE (Departamento de Águas e Energia Elétrica), para realizar o serviço. A Prefeitura pleiteou a participação do município no programa.

De acordo com Odair Mello, da Defesa Civil, entre os resíduos retirados do manancial estão areia, lama, entulho, cascalho, madeira, além de lixo e pneus. O material está sendo transportado para área licenciada. Após o desassoreamento, o primeiro ponto, que fica próximo ao TPI, deve ganhar cerca de 60 a 80 centímetros de profundidade. "Assim o leito terá mais capacidade para água, ficando mais livre, e vai garantir mais direção e velocidade para a água na época de enchente, o que vai minimizar o impacto dos alagamentos", explica Mello.

Os maquinários foram contratados pelo DAEE e o serviço de desassoreamento teve início em 06/04. No total, cerca de 3.500 metros do ribeirão Piracicamirim receberão o serviço. Outros dois pontos que serão desassoreados ficam no bairro Maracanã e no bairro Bosque da Água Branca.

A Secretaria Municipal de Defesa do Meio Ambiente (Sedema) dá apoio à Defesa Civil na coordenação do serviço, prepara os locais para a entrada dos maquinários e realiza ainda outras ações preliminares necessárias.

O prefeito Luciano Almeida vistoriou o serviço na segunda-feira, 11/04, acompanhado de Odair Mello; do secretário da Sedema, Alex Gama Salvaia; e do secretário de Obras, Paulo Sérgio Ferreira da Silva. "Há muito tempo não tínhamos um serviço como esse no município, então o desassoreamento do ribeirão Piracicamirim, nesses três pontos estratégicos, é uma vitória para Piracicaba. No fim de janeiro e início de fevereiro, tivemos um grande volume de chuvas, que castigou bastante a população dos bairros Piracicamirim, Morumbi, Maracanã e Bosque da Água Branca. Mas com esse trabalho visamos prevenir o impacto da chuva para a nossa população", afirma Luciano Almeida.

Antonia Tranquiline é moradora de um condomínio próximo ao TPI há 15 anos. Ela lembra que nunca tinha visto uma ação como essa. "Além de prevenção é um trabalho de recuperação", comemorou.



15/04/2022

Prefeito Luciano Almeida visita distrito de Tupir




Autor: Texto: CCS


Em visita ao distrito de Tupi na terça-feira, 12/04, o prefeito Luciano Almeida ouviu reivindicações dos moradores nos setores da educação e lazer, entre outras. Luciano foi acompanhado pelo presidente da Associação de Moradores de Tupi, Carlos José Marco da Silva, o Chitão, e demais lideranças da região.

Os secretários de Educação, Bruno Roza, de Obras, Paulo Sérgio Ferreira da Silva, e de Defesa do Meio Ambiente, Alex Salvaia, também participaram da visita.

A ampliação de Escola Municipal José Antonio de Oliveira e a revitalização da área de lazer do Jardim Bartira foram algumas das demandas levantadas pelos moradores.

O convite para a visita foi feito pelo presidente da associação de moradores, em uma reunião na qual foi recebido pelo prefeito em seu gabinete.

O distrito de Tupi fará 100 anos em 29 de julho. A Prefeitura, em parceria com a associação de moradores, está programando ações e atividades para comemorar a data.

O IHGP (Instituto Histórico e Geográfico), junto à Secretaria da Ação Cultural (Semac), prepara um livro para celebrar o centenário do distrito, com objetivo de resgatar e registrar a história da comunidade que começou com a chegada da estrada de ferro. A pesquisa é conduzida por Antônio Carlos Angolini, com participação de Chitão.

"Nos sentimos esperançosos com a visita, porque ele foi muito prestativo em nos ouvir. Esse ano é o centenário do Tupi, então tem bastante coisa para ser feita, toda a questão da preservação da história do bairro. Agora vamos apresentar por escrito essas demandas", afirma Chitão.






13/04/2022

Prefeitura inicia obras do projeto Areninha, no Vem Viver




O loteamento Vem Viver, no bairro Vila Sônia, será contemplado com a Areninha, projeto realizado por meio de um convênio com a Secretaria de Esportes do Estado de São Paulo e que consiste na implementação de campo de futebol society, uma quadra de basquete 3x3, arquibancadas com capacidade para 100 pessoas sentadas e iluminação de LED. O novo centro esportivo terá uma área de 1.025 m² e será instalado na rua Aparecida Augusto. A gestão do convênio é da Secretaria de Esportes, Lazer e Atividades Motoras (Selam).

A obra foi iniciada na manhã de hoje, terça-feira, 12/04, com equipes da Secretaria de Defesa do Meio Ambiente (Sedema) e Secretaria Municipal de Obras (Semob). O investimento é R$ 350 mil, destinados via emenda parlamentar do deputado estadual Sebastião Santos. Em contrapartida, a Prefeitura de Piracicaba será responsável pelos serviços de preparação para a execução da base, como a terraplenagem e a instalação de canaletas para fiação. A Prefeitura também será encarregada pelo abastecimento de água e por fornecer energia elétrica. Pelo menos mais uma região será contemplada com o projeto.

"Nós queremos oferecer a oportunidade da prática físico-esportiva para a população e necessitamos de parcerias consistentes, que tenham as estruturas adequadas. A implementação da Areninha é uma excelente notícia e vai contribuir para o fortalecimento de uma cultura esportiva na cidade. A nossa proposta é valorizar muito a participação do cidadão, engajar mais as pessoas", disse o secretário de Esportes, Lazer e Atividades Motoras, Hermes Balbino. "Entre os pilares que temos, constam as atividades de lazer que abriguem a ideia de bairros e comunidades atuando em conjunto", completou.

Iniciado em 2020 pela Secretaria de Esportes do Estado de São Paulo, o projeto Areninha é de rápida implantação e deve ser concluído em aproximadamente 30 dias. O espaço será administrado pela Selam e poderá ser utilizado pela população em geral, além de ser um possível núcleo para o desenvolvimento de ações da Pasta, como o Programa Desporto de Base (PDB) ou o Programa de Atividades Motoras (PAM).


06/04/2022

Desassoreamento do ribeirão Piracicamirim teve início hoje, 06/04



Autor: Texto: Andressa Mota/CCS | Fotos: Sedema/Prefeitura de Piracicaba

O desassoreamento de cerca de 3.500 metros do ribeirão Piracicamirim começou hoje, quarta-feira, 06/04, próximo ao Terminal Piracicamirim. Para a realização do serviço, Piracicaba foi contemplada no programa Rios Vivos, do Governo do Estado, por meio