SEDEMA em AÇÃO - Prefeitura inicia projeto-piloto que visa conter infestação de carrapatos

SEDEMA em AÇÃO - Prefeitura inicia projeto-piloto que visa conter infestação de carrapatosSEDEMA em AÇÃO - Prefeitura inicia projeto-piloto que visa conter infestação de carrapatos

SEDEMA em AÇÃO






Secretário Interino: Alex Gama Salvaia



A SEDEMA - Secretaria de Defesa do Meio Ambiente de Piracicaba, vem executando diversas obras e melhorias visando maior conforto da população de nossa cidade.






DESTAQUE







15/10/2021

Prefeitura inicia projeto-piloto que visa conter infestação de carrapatos


Autor: CCS

A Prefeitura, por meio da Secretaria Municipal de Defesa do Meio Ambiente (Sedema), inicia na próxima segunda-feira, 18/10, projeto-piloto de manejo em locais com alto grau de incidência de carrapatos, com aplicação de carrapaticida biológico para seu controle. O projeto começará pelo Parque da Rua do Porto, que ficará fechado ao público, a partir do dia 18/10, por 90 dias, prorrogáveis, caso seja necessário. Uma das espécies de carrapato, o carrapato-estrela, que tem como hospedeiro a capivara, é responsável por transmitir a febre maculosa, doença que pode levar à morte (leia abaixo).

A escolha do local, em detrimento de outras áreas, foi feita porque o parque é fechado, conforme explica o titular da Sedema, Alex Gama Salvaia. "Escolhemos o Parque da Rua do Porto por ser um local fechado e, com o fechamento dos portões, teremos certeza do resultado do teste, diferente de outras áreas de espaço aberto, como a avenida Renato Vagner ou Cruzeiro do Sul. O prazo de fechamento é sujeito à continuidade, sendo prorrogado até que possamos solucionar os problemas. Se houver sucesso no teste, a intenção é replicar no município todo", reforça o secretário.

PREVENÇÃO - A febre maculosa é uma doença transmitida por uma bactéria, por meio da picada do carrapato-estrela. A doença tem alto índice de letalidade se não for diagnosticada há tempo. É própria do carrapato e é replicada pelo hospedeiro. O carrapato transmite a bactéria e assim outros carrapatos são contaminados e estes podem contaminar outros animais ou o homem.

O hospedeiro primário do carrapato estrela é a capivara, muito encontrada em margens de rios, córregos e lagoas. Em Piracicaba estas áreas de maior risco de incidência estão todas devidamente identificadas para que os visitantes tenham consciência do risco. Toda extensão da margem do rio Piracicaba, desde o bairro Monte Alegre até Artemis; as margens do Piracicamirim; a lagoa do Santa Rita e a margem do rio Corumbataí são áreas consideradas críticas.

Por isso, se a população for pescar ou fazer um piquenique nestes locais é fundamental saber que há um risco e que há alguns cuidados importantes de serem tomados antes, durante e depois da visita ao local. Ir devidamente trajada, com meia fora da calça, se possível com fechamento com fita adesiva é uma dica importante. Após frequentar o local é importante fazer uma varredura para verificar se algum carrapato grudou no corpo e retirar imediatamente, já que o carrapato, para transmitir a doença, deve ficar pelo menos quatro horas fixado no corpo.

Outro cuidado importante é ficar atento, entre 2 a 14 dias, a sintomas que podem ser indícios da doença, como febre alta, dor no corpo, dor da cabeça, inapetência, desânimo e pequenas manchas avermelhadas pelo corpo. Caso eles ocorram, procurar um médico imediatamente e relatar a visita a estes locais. Além da capivara, as pessoas devem tomar cuidado também com o contato com cavalos, que também são hospedeiros do carrapato.

PARQUES DA CIDADE - Durante o período de fechamento do Parque da Rua do Porto, a população tem algumas alternativas para a realização de atividades físicas e lazer. A cidade conta com pelo menos 27 parques distribuídos no município (Confira lista completa, com endereços e horários de funcionamento abaixo). Próximo ao Parque da Rua do Porto, o público pode optar pela Área de Lazer do Trabalhador, Parque do Bongue, Parque do Pelourinho, Avenida Cruzeiro do Sul, Avenida Renato Wagner e Parque da Estação da Paulista.



PARQUES DA CIDADE




15/10/2021

Prefeitura finaliza limpeza em área sob a ponte do Caixão



Autor: Texto: Andressa Mota/CCS

A Prefeitura de Piracicaba, por meio da Secretaria Municipal de Defesa do Meio Ambiente (Sedema) e Defesa Civil, finalizou a limpeza às margens do rio Piracicaba, sob a ponte do Caixão. Foram retirados do local, que é uma Área de Proteção Permanente (APP), 72 m³ de resíduos (seis caminhões com 12m³ cada), entre entulho, rejeitos de recicláveis e galhos de árvores.

De acordo com a Sedema, após a retirada dos resíduos, as equipes realizaram reposição de terra no local. Além disso, a Pasta vai realizar o plantio de mudas nativas no local. A força-tarefa foi realizada nos dia 07/10 e 08/10, última quinta-feira e sexta-feira, respectivamente, a partir de denúncias, fiscalização e solicitação do vereador Gilmar Rotta devido ao acúmulo de materiais. Também deram apoio à força-tarefa a Águas do Mirante e Piracicaba Ambiental.

Para evitar que ocorra descarte irregular de resíduos no local, o setor de Fiscalização da Sedema e o Pelotão Ambiental vão monitorar a área. Em caso de flagrante, os responsáveis pelo descarte receberão autos de infração, serão encaminhados à delegacia para abertura de Boletim de Ocorrência e responderão por crime ambiental.

RIO - Durante o fim de semana, a Sedema e a Defesa Civil junto com grupos voluntários da cidade, realizaram limpeza no rio Piracicaba, no trecho entre a rampa em frente ao largo dos Pescadores e a Ponte do Morato, com objetivo de manter o rio limpo e facilitar a navegação. Foi retirado aproximadamente um caminhão de madeira e demais resíduos. Também participaram da ação o Instituto Beira Rio, as empresas Sondagua e RVA Telecon, os grupos Caiaque Piracicaba e Jipeiros S.A, além dos amigos Rogério Bacci e Edson Leme.



14/10/2021

Sedema realiza supressão e poda de leucenas nas margens do ribeirão do Enxofre



Autor: Ivanise Pachane Milanez

A Prefeitura, por meio da Secretaria Municipal de Defesa do Meio Ambiente (Sedema), iniciou ontem, quarta-feira, 13/10, e segue até amanhã, sexta-feira, 15/10, serviços de supressão e poda de leucenas às margens do ribeirão do Enxofre. As árvores que estão sendo suprimidas são as que estão muito inclinadas, com risco de queda, podendo ocasionar acidentes aos pedestres que utilizam as pontes. A Secretaria Municipal de Obras (Semob) também trabalha no local, fazendo a limpeza e desobstrução do leito do ribeirão com uso de escavadeira hidráulica.

As leucenas são espécies invasoras originárias da América Central, com formação arbórea-arbustiva perene. Tem crescimento rápido, produz muitas sementes e rebrota facilmente, o que faz com que ocupem grandes áreas rapidamente. Sua presença determina um problema ambiental, pois devido à ocupação rápida e agressiva, também libera uma substância química que prejudica o crescimento de nativas.

Após a supressão das leucenas nas margens do ribeirão do Enxofre, a Sedema vai realizar um plantio de árvores nativas para enriquecimento paisagístico e florestal da área, a fim de garantir e ampliar a oferta de água. "O reflorestamento de vegetação nativa tem como objetivo a restauração ecológica, ou seja, é uma intervenção por meio do plantio de espécies nativas para recompor um ecossistema e ampliar oferta de água no ribeirão", avalia Robson Willians da Costa Silva, engenheiro ambiental da Sedema.

HISTÓRICO - Desde o início de julho, a Prefeitura realiza força-tarefa para retirada de leucenas. A primeira ação foi na avenida 31 de Março, com a supressão das exóticas para reduzir enchentes e alagamentos na região, já que as árvores foram suprimidas porque os galhos estavam obstruindo as galerias de água. Após a supressão a equipe da Sedema realizou a roçada do mato, além da retirada de entulhos e resíduos, acumulados no canal, para minimizar os alagamentos na região.

No final de agosto, a supressão de leucenas, por meio do manejo adequado, foi realizada nas cabeceiras das pontes José Antônio de Souza (Ponte Zé do Prato), Francisco Morato (Ponte do Morato) e Walter Radamés Accorsi (ponte do Shopping Piracicaba), sendo que nestes locais a Sedema realizou o plantio de aproximadamente 120 mudas de árvores nativas que vão oferecer cobertura vegetal nas áreas onde existiam leucenas.




07/10/2021

Sedema e Bombeiros capturam lobo-guará próximo ao bairro Água Seca



Autor: Ivanise Pachane Milanez

Equipe da Secretaria Municipal de Defesa do Meio Ambiente (Sedema) e o Corpo de Bombeiros capturaram um lobo-guará nas imediações do bairro Água Seca, hoje, quinta-feira, 07/10, por volta das 12h. O animal, um macho de aproximadamente 6 anos, estava em bom estado geral. Ele foi anestesiado para coleta de material biológico ? pele e sangue -, e registros fotográficos para pesquisas do Laboratório de Ecologia, Manejo e Conservação de Fauna Silvestre da Esalq/USP (Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz/Universidade de São Paulo), e devolvido à natureza.

A equipe que realizou o resgate foi formada pela veterinária Camilla Xavier e pelo tratador Fernando Silva, do Zoológico Municipal, e pela veterinária do serviço Disk Animais, da Sedema, Marianna Curi.

"O lobo-guará é um animal de hábitos silvestres e estava longe de seu habitat natural, que são os campos e cerrado, provavelmente buscando alimento para sua sobrevivência, já que o seu espaço vem sendo cada vez mais degradado. Por isso, precisamos conservar e proteger as matas e florestas, locais que são moradas de muitos animais", reforça a veterinária Marianna Curi.

DIA DO LOBO - No dia 12/10 é comemorado o Dia Nacional do Lobo-Guará, maior canídeo da América do Sul. Seus pelos avermelhados se confundem com as espécies de vegetais, suas pernas longas permitem-no enxergar por cima da vegetação. É um animal onívoro que se alimenta desde roedores, pequenos répteis, aves, mel e frutas (sua fruta preferida é a fruta do lobo ? Solanum lycocarpum, encontrada no Cerrado, que ganhou esse nome pela grande procura do animal por ela).

O lobo-guará é um animal solitário e, por isso, raramente caça animais de grande porte, diferente do lobo-europeu. Se encontra ameaçado de extinção, segundo a lista do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama).


07/10/2021

Prefeitura inicia limpeza em área sob a Ponte do Caixão



Autor: Texto: Andressa Mota/CCS | Fotos: Sedema/Prefeitura de Piracicaba

A Prefeitura de Piracicaba, por meio da Secretaria Municipal de Defesa do Meio Ambiente (Sedema) e Defesa Civil, iniciou na manhã de hoje, 07/10, limpeza às margens do rio Piracicaba, sob a ponte do Caixão. A força-tarefa teve início a partir de denúncias e fiscalização devido ao acúmulo de materiais como entulhos, rejeitos de recicláveis e galhos de árvores no local, que é uma Área de Proteção Permanente (APP).

Também dão apoio à força-tarefa a Águas do Mirante e Piracicaba Ambiental. De acordo com a Defesa Civil, ainda não é possível mensurar a quantidade de materiais existentes ali. A ação deve continuar ainda nos próximos dias, uma vez que foi dividida em duas fases, sendo a primeira para retirada de materiais mais leves e a segunda, materiais pesados. ?Tem muito lixo, entulho, material inservível, rejeito de recicláveis, descartados de forma irregular debaixo da ponte?, informa Odair Luiz de Melo, da Defesa Civil.

setor de Fiscalização da Sedema e o Pelotão Ambiental também atuam no local. De acordo com o setor de fiscalização, um reciclador irregular próximo à ponte será notificado e tem 72 horas para desocupar o local. Ainda segundo a fiscalização, esse reciclador não descarta o rejeito da atividade no local, mas deve deixar a área, uma vez que é uma APP.

A partir da limpeza, para evitar que ocorra acúmulo de material novamente no local, o setor de Fiscalização e Pelotão Ambiental vão monitorar a área. Em caso de flagrante, os responsáveis pelo descarte de resíduos receberão autos de infração, serão encaminhados à delegacia para abertura de Boletim de Ocorrência e responderão por crime ambiental.

De acordo com Melo, da Defesa Civil, há estudo também de instalar uma tela abaixo da ponte. "Vamos estudar a instalação de tela para evitar que os materiais sejam descartados ali. Entre os prejuízos para o meio ambiente, com esse descarte de materiais, está a poluição do lençol freático, além da poluição visual. Também existe o risco de que pessoas coloquem fogo nesse material, o que pode comprometer a estrutura da ponte", comenta Melo.


06/10/2021

Prefeitura cria Núcleo de Bem Estar para intensificar ações voltadas aos animais de pequeno e grande porte



Autor: Texto: Andressa Mota/CCS | Fotos: Justino Lucente/CCS e Felipe Poleti/CCS

A Prefeitura de Piracicaba, por meio da Secretaria Municipal de Defesa do Meio Ambiente (Sedema), em parceria com a Secretaria Municipal de Saúde (SMS), vai criar o Núcleo de Bem Estar Animal, que será constituído de ações conjuntas do Programa Disk Animais, da Sedema, e do Setor de Zoonoses, da SMS.

O objetivo é intensificar as ações voltadas aos animais no município, assegurando a defesa e a proteção deles, bem como o atendimento às necessidades essenciais básicas e às medidas de saúde e bem-estar animal. A vereadora e protetora dos animais Alessandra Bellucci tem atuação ativa junto ao Executivo para criação do núcleo.

Em reunião na manhã de ontem, terça-feira, 05/10, os secretários da Sedema, Alex Gama Salvaia, e da Saúde, Filemon Silvano, estiveram no CCZ (Centro de Controle de Zoonoses) para formalizar a parceria entre as Pastas junto aos servidores. O prefeito Luciano Almeida também visitou o local na última segunda-feira, 03/10. "Teremos muitas novidades voltadas para o bem-estar e tratamento dos animais na cidade. Todas elas em parceria com a iniciativa privada para a gente começar, de fato, um projeto que cuide dos animais no município", afirma o prefeito.

O CCZ será a sede do Núcleo de Bem Estar Animal, que receberá melhorias em sua estrutura, como ampliação do estacionamento e do centro cirúrgico, visando que o local fique mais acolhedor também para os servidores e para a população visitar, com objetivo de intensificar as adoções.

Conforme explica Salvaia, o serviço Disk Animais, que atua com animais de grande porte, será transferido para onde fica hoje o CCZ, ganhando com estrutura de piquetes (espaço destinado aos animais) e mangueira de manejo, que hoje o serviço não tem. Além disso, o CCZ ganhará um solário para ampliar os locais disponíveis para que os animais de pequeno porte já residentes no canil e gatil do CCZ fiquem soltos.

"Vai ter uma área dos animais que são de boa convivência e uma outra área dos animais que são mais agressivos. Então eles não vão mais passar o dia inteiro presos em uma baia. Isso já vai melhorar bastante a qualidade de vida enquanto eles estão aqui", afirma Salvaia.

Segundo Filemon Silvano, o Núcleo de Bem Estar Animal será a concretização das melhorias das ações voltadas aos animais no município e vê como oportunidade para que todos os servidores atuem em conjunto para propor ações contínuas de aprimoramento dos processos. "A Secretaria de Saúde, como parceira do projeto, está à disposição para o que for necessário para aprimorarmos nossa estrutura e os servidores têm papel fundamental, uma vez que são eles que atuam diariamente no trabalho que realizamos no CCZ", comenta.

O Núcleo de Bem Estar Animal também vai focar no controle populacional, por meio da ampliação do serviço de castração, e em ações para intensificar a adoção responsável. Além disso, visa o planejamento de ações para atendimento veterinário e tratamento dos animais. "O animal não pode ficar aqui nem um dia além do necessário para que ele seja tratado. Esse indicador do tempo de permanência curto é o nosso maior desafio de buscar meios de que o animal venha, tenha condições e saia o mais rápido possível", enfatiza Salvaia. "Ainda queremos explorar a disponibilidade dos veterinários para que façam também atendimento clínico de animais da cidade para as pessoas que não têm condições de pagar", complementa.

Para a vereadora Alessandra Bellucci, a criação do Núcleo é uma necessidade de todos os municípios e considera que é uma evolução essencial na forma de Piracicaba cuidar dos animais, focando na saúde física e mental desses. "As mudanças na estrutura do CCZ, com o solário, um ambiente colorido e a maneira dos animais serem acomodados aqui, por exemplo, serão uma evolução para a nossa cidade e vamos conseguir fazer um ciclo: os animais chegam, são tratados e são doados. Assim, outros poderão vir para cá. É um processo que vai trazer uma população mais sadia, as pessoas mais felizes de saberem que os animais que estão vindo para cá vão ter um destino, um lar, e outros poderão ser acolhidos", afirma a vereadora.


06/10/2021

Visita a Área do Jardim Botânico



Autor: Juliana Gragnani


Durante a manhã de hoje (06/10) o Prof. Dr. Vinícius Castro Souza e o Prof. Dr. Flávio Bertin Gandara Mendes, da Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz (ESALQ/USP) foram recepcionados pela Eng.ª Agr. Clementina Rossin e pela Gestora Ambiental Juliana Gragnani, da SEDEMA, durante uma visita na área localizada no bairro Santa Rita, onde está em fase de implantação o Jardim Botânico de Piracicaba.

A visita possibilitou uma troca de ideias acerca dos próximos passos que serão dados visando a conservação da flora regional e a educação ambiental no local.


01/10/2021

Prefeitura faz plantio de nativas nas cabeceiras das pontes do Morato, Mirante e Shopping



Autor: Ivanise Pachane Milanez

A Prefeitura, por meio da Secretaria Municipal de Defesa do Meio Ambiente (Sedema), realizou o plantio de aproximadamente 120 mudas de árvores nativas nas cabeceiras das pontes José Antônio de Souza (Ponte Zé do Prato), Francisco Morato (Ponte do Morato) e Walter Radamés Accorsi (ponte do Shopping Piracicaba), entre ontem, 31/09, e hoje, 1º/10. No ano passado, foram plantadas cerca de 92 mil mudas de árvores pela Prefeitura. Neste ano, a estimativa é chegar a 95 mil árvores plantadas.

As mudas de nativas vão oferecer cobertura vegetal nas áreas onde existiam leucenas, que foram suprimidas em ação entre os dias 23 e 27/08.

Além de ser uma espécie invasora, as leucenas existentes nas cabeceiras das pontes, que contam com intenso fluxo de veículos, atrapalhavam a visibilidade dos motoristas. A retirada também deixou essas áreas mais seguras para os pedestres.

Entre ontem e hoje, a equipe do Viveiro Municipal de Mudas plantou espécies sangra d´água, dedaleiro, açoita-cavalo, aroeira-pimenteira, jenipapo, canafístula, mutamba, pau-viola e tarumã, entre outras.

"As árvores foram plantadas durante o período em que já existe a previsão de um volume mínimo de chuvas, reduzindo assim a necessidade do uso do hidrogel, um condicionador de solo que, incorporado à terra, absorve e retém grandes quantidades de água e de elementos fertilizantes", observa Robson Willians da Costa Silva, engenheiro ambiental da Sedema.

INVASORAS - As leucenas são espécies invasoras, com formação arbórea-arbustiva perene, originária da América Central, de crescimento rápido, que produz elevada quantidade de sementes, boa capacidade de germinação e facilidade de rebrota, sendo muito adaptável.

Sua presença determina um problema ambiental, pois devido à ocupação rápida e agressiva, além da liberação de uma substância química que prejudica o crescimento de nativas. Nos locais de onde são retiradas as leucenas, a Sedema realiza um trabalho contínuo para controle do crescimento de novas árvores e desbaste do rebrotamento.



30/09/2021

Sedema cria site com ações da Comclima



Autor: Ivanise Pachane Milanez

A Secretaria Municipal de Defesa do Meio Ambiente (Sedema) criou site para a Comissão Municipal de Mudança Climática (Comclima). As atividades da comissão estão listadas no item Calendário e são abertas ao público em geral. É possível ainda ter acesso à agenda de eventos, fazer download das leis que dão suporte às decisões da comissão, convites, atas, links úteis para ter acesso às condições climáticas, como Defesa Civil, além de acessar o Fale Conosco, ferramenta de comunicação interativa e troca de informações. O endereço eletrônico do site é https://comclimapiracicaba.wixsite.com/comclima



COMCLIMA




A Comclima foi instituída pela Lei Complementar 251/2010, alterada pela lei 420/2020, e iniciou seu trabalhos em 30/06/2021 com a eleição de nova diretoria. Seus principais objetivos são: elaborar, revisar, tornar público, acompanhar, além de garantir e fiscalizar a implementação do Plano Municipal de Mitigação e Adaptação às Mudanças Climáticas, definindo metas e indicadores.

A Sedema em parceria com outras instituições públicas e com a sociedade civil vêm discutindo as mudanças climáticas por meio da Comissão Municipal de Mudança Climática. As mudanças climáticas estão entre os grandes desafios da sociedade e já impactam a saúde e a qualidade de vida das pessoas, a biodiversidade e diversas atividades humanas.

O assunto tem sido debatido para incentivar mudanças no comportamento de pessoas, instituições públicas e privadas visando reduzir as principais causas, como o consumo de combustíveis fósseis, o desmatamento, a poluição do ar, do solo e dos recursos hídricos, além de criar mecanismos de adaptação.

Todos os interessados em discutir o assunto, podem participar das reuniões que tiveram início em junho deste ano e acontecem mensalmente. O calendário dessas reuniões está no site.

Mais informações podem ser obtidas pelo telefone (19) 3403-1368 ou pelo e-mail comclima.piracicaba@gmail.com



27/09/2021

Prefeitura realiza limpeza e manutenção do Parque do Mirante



Autor: Texto-CCS

A Prefeitura de Piracicaba, por meio da Secretaria Municipal da Ação Cultural (Semac), Secretaria de Defesa do Meio Ambiente (Sedema) e Secretaria Municipal de Obras (Semob), iniciou força-tarefa para limpeza e manutenção do Parque do Mirante. A ação, sob responsabilidade do diretor do Engenho Central, Antonio Padovan, começou na semana passada e, até o momento, além de reparos, retirou dez caminhões de material, entre folhas, galhos e lixo.

A proposta é que durante as próximas semanas o trabalho continue com a limpeza do canal e do chafariz, estabelecendo aos poucos a revitalização do local.

"Nosso trabalho é essencialmente de cuidados ao meio ambiente. O parque é bem extenso, ainda há muito trabalho a ser feito, mas aos poucos deixaremos o local limpo", explicou Padovan.

HISTÓRICO - No século 19, o Barão de Rezende construiu um mirante em suas terras, que ficava às margens do rio Piracicaba, de frente para o salto do rio. Esse mirante foi remodelado entre os anos de 1906 e 1907, por Carlos Zanotta. Nas décadas entre 1910 e 1930, os piracicabanos já frequentavam o local para passeios e caminhadas.

O Parque do Mirante, com a estrutura que é conhecida hoje, foi inaugurado pelo prefeito Salgot Castillon, no dia 1° de agosto de 1962. Um mural de mosaico, que retrata a fundação da cidade e seu desenvolvimento agroindustrial, de autoria da artista plástica Clemência Pizzigatti e de um grupo de artistas plásticos e alunos de escolas estaduais de Piracicaba, foi instalado no local em 1978.

Em sua extensão estão várias espécies de árvores, como o marinheiro, jequitibá, figueira, flamboyant, pau d`alho, cedro-rosa, açoita-cavalos, alecrim-de-campinas e a árvore-símbolo de Piracicaba, o tamboril.


24/09/2021

Sedema amplia em 41% respostas a solicitações via SIP-156



Autor: Texto: Andressa Mota/CCS | Fotos: José Justino Lucente/CCS

Responsável por diversos serviços essenciais para o bem-estar da população, a Sedema (Secretaria Municipal de Defesa do Meio Ambiente) tem intensificado as ações para atender às solicitações feitas pelos munícipes por meio do SIP (Serviço de Informações à População) - 156. Analisando a primeira quinzena de julho e a primeira quinzena de setembro, em dois meses a Pasta ampliou em 41% as solicitações respondidas enquanto as solicitações recebidas tiveram aumento de 27,5%.

Na primeira quinzena de julho, a Sedema contabilizava 14.560 solicitações recebidas, número que chegou a 18.564 dois meses depois, na segunda quinzena de setembro. Já em relação às solicitações respondidas, no mesmo período de julho, eram 12.408, valor que chegou a 17.518 na primeira quinzena de setembro. As solicitações que não haviam sido respondidas estão em processo de análise.

De acordo com o secretário da Sedema, Alex Gama Salvaia, os índices do SIP-156 são resultado do trabalho que a Pasta tem feito para fortalecer o vínculo com a população por meio deste canal, uma vez que a secretaria é a mais requisitada via SIP-156. Nesses dois meses, houve ainda redução de 59,9% nas solicitações em atraso e 50% nas solicitações em aberto.

"Além de responder à população, também estamos trabalhando para alinhar, da forma mais eficaz possível, a logística de execução dos serviços por parte das empresas terceirizadas. Comparando esses dois meses, julho e setembro, conseguimos ainda ampliar em 24,7% os serviços executados, lembrando, claro, que cada solicitação tem a viabilidade de execução analisada com base nos nossos processos e legislações", explica Salvaia.

O serviço mais solicitado à Sedema por meio do SIP-156 é o de Cata Cacareco, que contabilizava, em 17/09, 7.228 solicitações recebidas, das quais 89% já haviam sido executadas e as demais estão em análise para serem executadas. O serviço faz o recolhimento de móveis e utensílios que não servem mais e que os munícipes querem dispensar, como fogão, geladeira, guarda-roupas, sofá, mesa, cadeiras, colchões, etc. A autônoma Eldely Vicente Moura, 33, solicitou o serviço via SIP-156, que foi executado na última sexta-feira, 17/09.

"Nós acionamos o Cata Cacareco, pois houve a necessidade de alguns materiais da nossa residência serem descartados. O serviço possibilitou o descarte de forma correta, evitando que os materiais fossem descartados de forma irregular, como em terrenos, áreas verdes e particulares, etc", conta Eldely.

O serviço é disponibilizado de forma gratuita à população e segue algumas regras, como não agendar dia e/ou horário, não fazer retirada dos objetos do interior de casas e não retirar materiais de apartamentos. Sendo assim, a Sedema orienta que os munícipes procurem deixar os materiais em locais de fácil acesso da equipe na hora de recolhê-los. A Sedema lembra, entretanto, que não é permitido deixar os materiais na calçada, entre a solicitação e retirada, pois constitui crime ambiental. Além disso, a Pasta informa que o Cata Cacareco não recolhe entulhos, resto de construção civil e pneus, por exemplo.

OUTROS SERVIÇOS - Entre as solicitações mais realizadas pelos munícipes à Sedema também estão as feitas para o setor de Arborização, divisão de controle e fiscalização, departamento de Ecossistema e divisão de Resíduos Sólidos, que contabilizavam em 17/09, respectivamente, 2.744, 2.570, 1.505 e 1.270 solicitações recebidas.

Salvaia chama a atenção para as solicitações ao setor de Arborização, como poda e supressão de árvores. O secretário lembra que esses serviços seguem um Procedimento Operacional Padrão (POP), que determina os passos para análise de cada solicitação.

Tanto nas solicitações de poda quanto de supressão, as árvores são analisadas por técnicos da Sedema para vistoriar a real necessidade de se executar a solicitação conforme a Lei Complementar 251/2010 do município, que aborda a proteção ao meio ambiente, os programas e as iniciativas na área de interesse ambiental do município. Se tratando em especial da supressão de árvores, o munícipe deve ainda protocolar documentos no guichê de Protocolo do Térreo 1 do Centro Cívico. Os munícipes podem conferir os documentos necessários para protocolar pedido de supressão de árvore em https://sedema.wixsite.com/sedema/arborizaourbana no item Árvores em Terrenos Particulares (Quintais) e Calçadas.


22/09/2021

Sedema divulga resultado do concurso Árvores de Pira




Autor: Ivanise Pachane Milanez


A Prefeitura, por meio da Secretaria Municipal de Defesa do Meio Ambiente (Sedema), divulgou o resultado do concurso fotográfico Árvores de Pira Contando nossa História. No total, foram enviadas 74 imagens. Os três primeiros colocados foram Ivo Zution Gonçalves (Flamboyant da Esalq), Aline Gibin (Jequitibá-Rosa do Mirante) e Helder Prado (Sapucaia da Praça da Paz), que receberão livros como prêmio. Mais 10 imagens foram escolhidas e receberão menção honrosa. Foram avaliados o conjunto foto e relato, levando em conta qualidade da foto e conexão do relato com a foto.

O júri foi composto pelos servidores da Sedema, Amanda de Arruda Silva e Torricelli, Nathália Guidotti das Neves Pereira, Giovanni Batista Campos, Elizabeth Nunes Salles, Clementina Rossin, Marianni Silva Amorim, João Vitor da Silva Tavares, José Carlos de Toledo Junior, e Laís Ferraz de Camargo.

O primeiro colocado Ivo Zution Gonçalves retratou o famoso flamboyant da Esalq na imagem intitulada A Árvore da Esperança. No relato, o autor descreve que o flamboyant encanta a todos que vão até a Esalq estudar ou mesmo passear e que seu reflexo no lago do prédio Central enaltece ainda mais a árvore.

A segunda colocada, Aline Gibin, ao retratar um centenário jequitibá-rosa que fica no Parque do Mirante, em seu relato conta que conhece a árvore desde pequena, quando passeava no parque com seus pais. "Já se passaram muitos anos e a árvore continua enorme e linda", relata ela.

Hélder Prado, que ficou em terceiro lugar, retratou a sapucaia centenária da rua Moraes Barros, na esquina com a avenida Independência. De acordo com seu relato, a árvore "foi plantada por Antônio Caprânico em comemoração ao fim da 1ª Guerra Mundial, em 1918. A árvore-símbolo da cidade ganhou atenção especial e proteção quando, em 12 de novembro de 2004, foi tombada como Patrimônio Histórico e Cultural, tornando-se imune ao corte".

Os três primeiros lugares receberão como prêmio livros, que serão entregues durante o evento do Plante Vida, sábado, 25/09, a partir das 8h30, no Sistema de Lazer José Tolott, no Jardim Califórnia.

Os dez classificados com menção honrosa foram: Angélica María Argote Vargas - Ipê Amarelo; Arlete de Jesus Brito - Tipuana; Danilo Siqueira Pino - Eucalipto arco-iris; Fernanda Bernardino - Ipé Amarelo; Ivana Maria França de Negri - Ingá; Laura Pacheco de Carvalho Oliveira - Ipê Amarelo; Lilean Tsuchiya Lima Takara - Ipê Roxo; Luccas Guilherme Rodrigues Longo - Farinha-Seca; Natália Correr Ré - Flamboyant e Tatiane Aparecida Moresi - Figueira.

"O objetivo do concurso foi valorizar as árvores, como importante elemento dos ecossistemas, sejam naturais ou modificados pelo ser humano, bem como destacar árvores que se relacionam com os sentimentos dos piracicabanos, já que a cidade apresenta um cenário paisagístico privilegiado", ressalta o secretário municipal de Defesa do Meio Ambiente, Alex Gama Salvaia.

Para visualizar as fotos e ler os relatos, acesse:



ARBORIZAÇÃO URBANA




15/09/2021

Mutirão no Tatuapé retira 4.300 kg de resíduos




Autor: Ivanise Pachane Milanez

No sábado, 04/09, ocorreu o mutirão de limpeza no Jardim Tatuapé, uma iniciativa da Associação de Moradores do Tatuapé II, que contou com o apoio da Secretaria Municipal de Defesa do Meio Ambiente (Sedema), que cedeu equipamentos de proteção individual, caminhão para recolhimento dos resíduos e apoio da equipe de educadores ambientais do projeto Revira, voltado à educação ambiental. Foram retirados 4.300 kg de resíduos, incluindo pneus, lixo doméstico, entulho de construção, móveis, colchões e roupas, entre outros objetos.

De acordo com Filipe Salvetti, coordenador do Projeto Revira, ainda há camadas de resíduos no local e na margem oposta do ribeirão, que serão precisam ser removidas com o uso de máquinas.

A ação promoveu limpeza em ponto de descarte irregular localizado nas proximidades do ribeirão do Enxofre, na entrada da comunidade Portelinha. O Enxofre é um afluente do rio Piracicaba e apresenta inúmeros problemas decorrentes do descarte irregular de resíduos sólidos em suas margens.

Após a limpeza dos pontos, os moradores instalaram placas motivando a preservação do local e chamando a atenção para a não deposição de resíduos na área. "Atividades de educação ambiental são fundamentais para combater a problemática de descarte irregular no município e contribuem para a transformação de hábitos e práticas nocivas ao ambiente", conclui Salvetti.

O acúmulo de resíduos é prejudicial para o meio ambiente e para a saúde dos moradores do entorno, uma vez que gera poluição, atrai ratos, baratas e escorpiões, e atua como foco de proliferação de mosquitos da dengue. A Prefeitura realiza periodicamente a limpeza destes locais, no entanto, alguns pontos se tornam "viciados".

PROJETO REVIRA - Iniciado em 2020, o projeto Revira: Educação Ambiental Sobre Resíduos Sólidos na Região Sudoeste de Piracicaba é uma iniciativa da Secretaria Municipal de Defesa do Meio Ambiente (Sedema) e Grupo Multidisciplinar de Educação Ambiental (GMEA). O projeto tem como objetivo contribuir para a melhoria da destinação e manejo dos resíduos sólidos em quatro bairros do município, por meio da realização de um diagnóstico socioambiental, planejamento e intervenção educadora. Os bairros contemplados pelas ações do projeto são Monte Líbano, Novo Horizonte, Jardim Itapuã e Vila Cristina. O intuito é desenvolver, de forma participativa, atividades de formação e intervenção que contribuam para a compreensão acerca de temas relacionados aos resíduos sólidos, para a criação de identidade com o território e para aumentar o uso dos serviços disponibilizados pela Prefeitura de Piracicaba na coleta oficial (Coleta Seletiva, Cata Cacareco, Ecoponto e Pontos de Logística Reversa) e reduzir o descarte irregular de resíduos sólidos.





10/09/2021

Ação em prol dos animais tem apoio da Prefeitura




Autor: Ivanise Pachane Milanez

A Prefeitura de Piracicaba, por meio da Secretaria Municipal de Defesa do Meio Ambiente (Sedema), apoia o PitStop Solidário, evento que acontecerá no domingo, 12/09, das 8h às 13h, no Aeroporto Municipal de Piracicaba Pedro Morganti. O objetivo do evento é arrecadar ração e promover a adoção de cães adultos. O evento contará com dogshow e food-trucks para os visitantes.

Aqueles que quiserem apenas deixar sua doação poderão contar com sistema drive-thru. Quem fizer a doação vai concorrer a um salto de paraquedas. Os animais que acompanharem seus tutores no passeio vão ganhar brindes.

"Durante a pandemia muitos animais foram abandonados por várias razões, mas precisamos trabalhar para solucionar ao menos parte desta questão, então, neste momento, a arrecadação solidária é uma alternativa a curto prazo. A médio e a longos prazos, precisamos pensar em outras alternativas", explica o secretário municipal de Defesa do Meio Ambiente, Alex Gama Salvaia.

A iniciativa é da vereadora Alessandra Bellucci que, na primeira ação, arrecadou 3.000 quilos de ração, que foram encaminhados para as famílias que têm cães e gatos e enfrentam dificuldades para a compra de alimento para os seus pets.

SERVIÇO - PitStop Solidário. Dia 12/09/2021. Das 8h às 13h. No Aeroporto Municipal de Piracicaba Pedro Morganti (Estacionamento rua Horário Cerioni), avenida Comendador Pedro Morganti, s/n - Monte Alegre.


06/09/2021

Sedema promove concurso fotográfico Árvores de Pira




Autor: Ivanise Pachane Milanez


A Prefeitura, por meio da Secretaria Municipal de Defesa do Meio Ambiente (Sedema), promove o concurso de fotografia amadora Árvores de Pira Contando nossa História. O prazo para envio da foto, que deve ser acompanhada de um relato sobre a imagem, é até 15/09. Cada participante poderá inscrever apenas uma foto no email sedemaeventosambientais@gmail.com.

A árvore clicada deve estar dentro do limite do município de Piracicaba. A imagem deverá vir com título, com no máximo 5 palavras, e um relato sobre a história da árvore, podendo ser a relação do autor da foto com ela ou a relação da árvore registrada com o município. Os critérios para a escolha serão originalidade, qualidade técnica, mérito artístico e relato descrito. Fotos que, no entendimento do júri, tenham sido digitalmente alteradas, para além de correções e ajustes simples, serão desqualificadas.

O objetivo do concurso é valorizar as árvores, como importante elemento dos ecossistemas, sejam naturais ou modificados pelo homem, bem como destacar árvores que se relacionam com os sentimentos dos piracicabanos, já que a cidade apresenta um cenário paisagístico privilegiado.

O relato também deverá conter a identificação da árvore (espécie e nome popular), a data, o horário e o endereço do local onde a árvore está plantada (praça, jardim, rua, parque etc). Caso não saiba a espécie da árvore, a pessoa poderá procurar fontes que ajudem a descobrir, como profissionais da área, livros ou sites na internet. Caso a foto mostre mais de uma árvore, isso deve ser mencionado no relato.

Serão selecionadas as 10 melhores imagens e três autores receberão um certificado de premiação. Os outros sete, menção honrosa. Os três premiados também receberão um kit com materiais alusivos ao tema.

SERVIÇO:
Informações para envio da imagem:

Email: sedemaeventosambientais@gmail.com
Prazo: Até 15/09/2021
Imagem: tamanho máximo 5 MB (no formato . JPEG, .JPG ou .PNG)
Título da foto (tamanho máximo 5 palavras)
Relato da foto (tamanho máximo 200 palavras)
Local, dia e horário de registro da foto (se possível, colocar local com georreferenciamento)
Nome completo, idade e telefone do autor da foto

Contato: (19) 3417-9494 (Núcleo de Educação Ambiental/Sedema)

Regulamento completo: https://sedema.wixsite.com/sedema/arborizaourbana




01/09/2021

Caminhão varredeira atua na limpeza de ruas e avenidas do município




Autor: Ivanise Pachane Milanez

A Prefeitura, por meio da Secretaria Municipal de Defesa do Meio Ambiente (Sedema), em parceria com a Piracicaba Ambiental, ampliou a varrição mecanizada nas ruas de Piracicaba com o uso de um caminhão varredeira. O equipamento se destaca por sua alta capacidade de recolhimento - até 6.000 litros de resíduos -, e grande faixa de limpeza, com atuação diária, principalmente em avenidas.

O caminhão varredeira atua em vários pavimentos e remove folhas, galhos, areia e outros detritos encontrados nas vias. Ele funciona por meio de disparo de um jato de água, que evita a dispersão de poeira, e, na sequência, a vassoura começa a girar no sentido anti-horário, para não espalhar os detritos, que são retirados por sucção. O equipamento também possui um reservatório basculante, com inclinação, que facilita o descarte correto da sujeira, após a higienização das ruas.

"Temos de utilizar a tecnologia sempre a nosso favor. A estação mais seca proporciona um espalhamento de folhas e detritos ainda maior e, como estamos vivenciando uma estiagem severa, não podemos desperdiçar água, logo o caminhão é uma ferramenta inteligente e sustentável para mantém as ruas limpas", explica Alex Gama Salvaia, secretário municipal de Defesa do Meio Ambiente.

O sistema de varrição mecanizada já ocorria em alguns pontos do município, mas feito com uma varredeira pequena, projetada para realizar trabalhos leves, como recolhimento de folhas, garrafas de plástico, papéis e pequenos resíduos que ficam nas guias. A máquina atua exclusivamente no Parque da Rua do Porto e imediações, em função do fluxo de pessoas, carros, comerciantes e por ser um ambiente de lazer e cartão-postal de Piracicaba e possui capacidade de carga de até 1,8 m³. Outra vantagem é que com motor em baixa rotação, possibilita economia de 40% de combustível.




01/09/2021

Fiscalização da Prefeitura flagra descarte irregular de resíduos; dois foram presos




Dois homens foram presos na manhã de hoje, 31/08, pela prática de crime ambiental, após serem flagrados descartando irregularmente dois sofás na rua Dr. Raul Machado Filho, no Jardim Oriente. O flagrante do crime foi realizado pela fiscalização da Secretaria de Defesa do Meio Ambiente (Sedema), com apoio do Pelotão Ambiental. A dupla, que já tinha antecedentes criminais, foi encaminhada à Unidade de Polícia Judiciária, onde foi lavrado o Boletim de Ocorrência pelo desrespeito ao artigo 54, inciso V da lei federal 9605/98. O crime é inafiançável e a pena prevista é de reclusão de um a cinco anos. O processo segue para avaliação de um juiz.

O flagrante ocorreu durante uma visita da equipe da Sedema ao Ecoponto do Jardim Oriente, quando percebeu uma movimentação estranha nas imediações e, ao seguir o carro, flagrou o descarte. Foi solicitado suporte do Pelotão Ambiental, que auxiliou na condução à delegacia. Segundo os homens, eles foram pagos para realizar o descarte.

De acordo com o titular da Sedema, Alex Gama Salvaia, o objetivo é intensificar este tipo de atuação para que a população perceba que os crimes ambientais não devem ficar impunes. Salvaia acompanhou a operação. "Há lei que pune este tipo de crime e nós pretendemos intensificar este tipo de ação. As pessoas devem procurar locais corretos de descarte de qualquer tipo de material. O descarte irregular prejudica o meio ambiente, prejudica o município e nós queremos frear este tipo de comportamento. Na luta contra o descarte irregular de resíduos, a população tem que ser parceira e o município dispõe de locais corretos e gratuitos para o descarte tanto de móveis e eletrodomésticos, como de resíduos da construção civil", explicou.

LOCAIS CORRETOS ? A Prefeitura, por meio da Sedema, tem espaços preparados para o descarte correto de resíduos. Cada tipo de resíduo tem uma destinação. Além da coleta de lixo domiciliar, há coleta seletiva de materiais recicláveis, sete ecopontos para deposição de resíduos de construção civil, restos de jardinagem, podas e cortes de árvores e madeiras.

No caso de sofás, que são móveis, o serviço correto é o Catacacareco, responsável recolhimento de bens inservíveis, que também inclui eletrodomésticos avariados. Para solicitar o serviço do Catacacareco, o interessado deve entrar em contato com o 156, fazer a solicitação e aguardar o caminhão passar. A equipe faz até três tentativas de retirada. De janeiro a julho deste ano, foram feitas 6.321 solicitações.

Há, disponível, também, o serviço de coleta de resíduos de serviços de saúde, medicamentos vencidos e não usados. Para conhecer todos os serviços, endereços, horários de funcionamento e formas de acesso, clique aqui (http://www.sedema.piracicaba.sp.gov.br/?pag=texto&id=3)

Nos Ecopontos, que funcionam de segunda a sábado, das 7h às 17h, é permitida a deposição, apenas por pessoas físicas, de até 1m3/dia de material. Eles estão localizados no bairros Santo Antônio, Monte Rey, Bosques do Lenheiro, Jardim Oriente, Ártemis, Mário Dedini 1 e 2.


26/08/2021

Sedema executa poda de árvores em pontes com grande fluxo de veículos



Autor: Ivanise Milanez

A Prefeitura, por meio da Secretaria Municipal de Defesa do Meio Ambiente (Sedema), realiza a poda de árvores na ponte Francisco Morato, a ponte do Morato, e entorno. O mesmo trabalho foi concluído nas pontes José Antonio de Souza (Zé do Prato) e Walter Radamés Accorsi, que dão acesso ao Shopping Piracicaba.

As pontes Irmãos Rebouças (ponte do Mirante) e Caio Tabajara Esteves serão as próximas beneficiadas, em setembro. O objetivo é melhorar a visibilidade dos motoristas nessas estruturas, que contam com intenso fluxo de veículos, oferecendo mais segurança, também, para os pedestres que passam por elas.
De acordo com a Sedema, os serviços de poda são feitos nas árvores nativas, enquanto que a supressão (retirada) tem como foco as leucenas, árvores invasoras, que se reproduzem rapidamente e inibem o desenvolvimento de outras espécies.

Na cabeceira da ponte do Morato e imediações da avenida Sérgio Caldaro, que dá acesso ao Parque do Engenho Central, está em andamento a supressão de cerca de 90 leucenas. A previsão é que os trabalhos sejam concluídos ainda hoje, 26/08.
"Os trabalhos estão sendo realizados durante a estiagem porque na época das chuvas amplia-se o risco de queda de galhos e árvores, ocasionando acidentes e outros desastres. O objetivo é minimizar esses riscos com estes serviços", explica Ludmar Romanini, chefe do Departamento de Ecossistemas da Sedema.




19/08/2021

Eficiência Energética: finalizada instalação de luminárias LED em áreas verdes públicas de Piracicaba




Autor: Texto: Andressa Mota/CCS

A empresa Tecnia finalizou a instalação das novas luminárias de tecnologia LED em áreas verdes públicas do município. A empresa foi contratada pela Prefeitura para executar o projeto Piracicaba Bem Iluminada, apresentado pela Prefeitura e aprovado pela CPFL Paulista por meio de chamada pública em 2020, que compõe o Programa de Eficiência Energética da ANEEL (Agência Nacional de Energia Elétrica). Troca deve reduzir em quase 80% o consumo de energia e gerar economia de R$ 143,5 mil/ano ao município.

Foram substituídas 415 lâmpadas de vapor metálico e 415 reatores eletromagnéticos por 780 luminárias com tecnologia LED. As trocas ocorreram nos parques Piracicamirim e Mirante, na praça Turcão, no Nova Piracicaba, e na ciclovia da avenida Cruzeiro do Sul, área também destinada a caminhadas.

A Prefeitura recebeu da CPFL R$ 937.226,77 para substituição de luminárias e, de acordo com a Semob (Secretaria Municipal de Obras), a troca deve reduzir em quase 80% o consumo de energia nos locais que as receberam, com economia de cerca de R$ 143,5 mil/ano.

Além da redução no consumo, as luminárias LED proporcionam uma melhor iluminação dos locais e, como possuem uma vida útil mais longa que as luminárias antigas, a necessidade de manutenção e os custos também serão menores.

INVESTIMENTO - A ANEEL (Agência Nacional de Energia Elétrica) determina que as concessionárias de energia têm que investir uma certa quantia da sua receita em projetos de eficiência energética, e por isso, a CPFL Paulista lançou Chamada Pública de Projetos para selecionar projetos que a empresa iria financiar este ano.

Ao todo, o Grupo CPFL Energia recebeu no processo 191 propostas de projeto, sendo todas avaliadas dentro das regras estabelecidas no edital. Dessas propostas, 36 foram selecionadas para execução, entre elas a de Piracicaba.




17/08/2021

Ação de limpeza retira 900 kg de lixo do rio Piracicaba



Autor: Texto: Eleni Destro/CCS | Fotos: Divulgação

A Prefeitura de Piracicaba, por meio da Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Trabalho e Turismo (Semdettur) e Defesa Civil, o Instituto Beira Rio e parceiros - empresas Duplás, Rizel e Ecoterra -, além de voluntários -, realizaram operação de limpeza no rio Piracicaba, no sábado, 14/08. A ação resultou na retirada de 900 kg de materiais diversos.

De acordo com Luis Fernando Magossi, o Gordo, presidente do Instituto Beira Rio e organizador do evento, a limpeza foi feita entre a rampa do largo dos Pescadores até a Ponte do Morato. Com a baixa do rio, foi possível percorrer a pé grande parte do trecho para recolher o material em embarcações e transportá-lo para fora do leito.

"Foi uma ação ambiental muito importante para o nosso rio e para os navegadores. Recolhemos muita sujeira, como capacetes, colcha, lençol e madeira. A quantidade de pneus jogados no rio é um absurdo. Retiramos um pneu de trator que devia pesar cerca de 200 kg", conta Magossi. "Temos de continuar com as campanhas para ver se conscientizamos a população de que no rio não se joga nada. Não é lata de lixo", reforça

PASSEIO DE BARCO ? A ação de limpeza antecede a retomada do tradicional passeio turístico de barco pelo rio Piracicaba, interrompido em 22/07, quando um incêndio criminoso destruiu o píer municipal, na avenida Beira Rio, de onde saía o passeio.

A Prefeitura já cuida do processo de licitação para a reconstrução do píer. Enquanto isso, o passeio será oferecido em estrutura provisória, montada na rampa do largo dos Pescadores que, segundo a diretora de Turismo, Rose Massaruto, contará com cabine para atendimento ao público, guarda-sóis, corrimãos e rampa especial que garantirá inclusive a acessibilidade de cadeirantes ao local, tudo devidamente sinalizado.

A volta do passeio acontece no dia 21/08, sempre aos sábados, domingos e feriados, das 9h às 18h. Vai respeitar todos os protocolos de higiene e segurança preconizados pelo Plano São Paulo de combate ao coronavírus, do Governo Estadual. O barco transportará no máximo 8 passageiros por viagem, disponibilizando álcool em gel, tapete sanitizante e cobrando a obrigatoriedade do uso de máscara durante todo o trajeto. O próprio barco e os coletes salva-vidas também serão higienizados no intervalo de cada viagem.




13/08/2021

Diretoria do Conselho Municipal de Defesa do Meio Ambiente toma posse



Autor: CCS

Eleita por unanimidade, a diretoria do Conselho Municipal de Defesa do Meio Ambiente (Comdema) tomou posse nesta terça-feira, 10/08, no auditório do Centro Cívico da Prefeitura. Os membros do Comdema terão mandato de 02 (dois) anos, sendo os trabalhos do conselho considerados de relevância para o município. Seus membros não recebem remuneração ou gratificação de qualquer espécie.

Foram eleitos Luis Fernando Rebel Machado (presidente), Iraci Vitor Honda (vice-presidente), Arnaldo Schiavuzzo (secretário) e Sylvana Zein (segunda secretaria) (veja relação completa dos membros abaixo).

O prefeito de Piracicaba, Luciano Almeida, participou da cerimônia de posse. "A ideia é poder compartilhar nossos problemas e soluções para que tenhamos uma política ambiental efetiva em Piracicaba", disse.

Instituído em dezembro de 1996 pela lei 4.233, o Comdema atua há 24 anos e tem entre as atribuições promover a discussão, análise e proposição dos direcionamentos das políticas públicas ambientais de Piracicaba. No Comdema, são discutidos diferentes temas relacionados à gestão ambiental municipal, tais como gestão de resíduos, gestão de recursos hídricos, arborização urbana, uso e ocupação do solo, poluição sonora, poluição visual, saneamento básico e outras questões sobre meio ambiente.

Durante a cerimônia, o secretário municipal de Defesa do Meio Ambiente (Sedema), Alex Gama Salvaia, falou sobre a agilidade do Comdema em poder opinar sobre determinados assuntos. "O Comdema poderá nos auxiliar em muitas questões, principalmente quando estivermos em situações com opiniões divergentes sobre temas como, por exemplo, supressão de árvores. Daí, uma terceira opinião é fundamental e o Comdema conta com profissionais e técnicos que têm competência para estas e outras questões essenciais para a Sedema", disse Salvaia.

RELAÇÃO DOS NOMEADOS - Elaine Contieiro Ribeiro, Fabiano de Godoy Bertin e Robson Willian da Costa Silva, titulares, Leticia dos Santos Santiago, Felipe Dias Pacheco Vieira, e Ludmar Antonio Romanini, suplentes, representantes do Poder Executivo; Roberto Braga e Arnaldo Nascimento Schiavuzzo, titular e suplente, respectivamente, representantes da Associação do Meio Ambiente de Piracicaba; Ricardo Cerveira e Priscila Cerveira, titular e suplente, respectivamente, representantes do Instituto Biosistêmico (IBS), respectivamente; Antonio Carlos de Azevedo e Odaléia Telles Marcondes Machado Queiros, titular e suplente, respectivamente, representantes da Esalq - USP; Maria Helena Santini Campos Tavares e Luis Fernando Rabel Machado, titular e suplente, respectivamente, representantes da Fundação Municipal de Ensino de Piracicaba (Fumep/EEP); Moacir José Lordello Beltrame e Cláudio Luis Monte Belo, titular e suplente, respectivamente, representantes da Associação Comercial e Industrial de Piracicaba (Acipi); Wesley Gonzaga Cavalcante e Homero Scarso, titular e suplente, respectivamente, representantes do Centro das Indústrias do Estado de São Paulo (Ciesp); Juan Antonio Moreno e Luciana Alves Vieira, titular e suplente, respectivamente, representantes da Sociedade Recreativa e Cultural Real Hispano Brasileira; Andrea Pavani Diehl e José Rodolfo Penatti, titular e suplente, respectivamente, representantes da Cooperativa dos Plantadores de Cana do Estado de São Paulo (Coplacana); Eveline Blumer e Maria Imaculada Carlet Alves, titular e suplente, respectivamente, representantes do Sindicato dos Representantes Farmacêuticos de Piracicaba; Ely Eser César e Álvaro França, titular e suplente, respectivamente, representante do Pira 21 ? Piracicaba Realizando o Futuro; Sylvana Zein e Claudia Eliane Cordeiro Bueno, titular e suplente, respectivamente, representantes do Lions Clube de Piracicaba Leste; Jaime Alexandre de Lima Curcio e Fábio Teruo Yuassa, titular e suplente, respectivamente, representantes do Rotary Club de Piracicaba ? Engenho; Augusto Assis Cruz Neto e Cynthia da Rocha, titular e suplente, respectivamente, representantes do Instituto Histórico e Geográfico de Piracicaba (IHGP); Tatiana Delgado de Souza Koroiva e Valéria Rueda Elias Spers, titular e suplente, respectivamente, representantes do Sindicato das Indústrias Metalúrgicas, Mecânicas, de Material Elétrico, Eletrônico, Siderúrgicas e Fundições de Piracicaba, Saltinho e Rio das Pedras (Simepsi); Hellington Ilges da Silva e Silvio César Baptistella, titular e suplente, respectivamente, representantes da Polícia Militar Ambiental, para compor o Conselho Municipal de Defesa do Meio Ambiente (COMDEMA).


12/08/2021

Sedema e parceiros promovem curso sobre consumo consciente e resíduos sólidos




Autor: Ivanise Milanez

A Secretaria Municipal de Defesa do Meio Ambiente (Sedema), a Esalq/USP Recicla e o Grupo Multidisciplinar de Educação Ambiental (GMEA) iniciaram curso sobre consumo consciente e a importância do gerenciamento correto de resíduos sólidos.

O curso Educação Ambiental e Resíduos Sólidos: Fortalecendo Ações entre Escola e Comunidade, que teve inscrições até julho, é oferecido de forma online, sempre às quintas-feiras de agosto, das 19h às 20h30.

No primeiro encontro, na quinta-feira, 05/08, além da apresentação da programação, foram abordados conteúdos relacionados à contextualização e à problemática dos resíduos sólidos, além de conceitos básicos e classificação dos resíduos. Também foram debatidas formas de se desenvolver práticas educativas voltadas para a temática dos resíduos sólidos, que podem ser desenvolvidas nas escolas e na comunidade.

O secretário da Sedema, Alex Gama Salvaia, está otimista em relação à iniciativa. "Estamos empenhados em fazer uma correta e adequada gestão dos resíduos sólidos no município de Piracicaba. O curso é uma excelente oportunidade de aprendizado e troca de conhecimento. A partir daí podemos nos organizar para outras iniciativas e para outras parcerias", avalia o secretário.

O curso foi idealizado para atender às diretrizes da Educação Ambiental do Plano Municipal de Gestão Integrada de Resíduos Sólidos (PMGIRS), que incentiva a integração escola-comunidade. O processo de integração pode acontecer de duas formas, a escola pode se apropriar de uma pauta ambiental local para o processo de ensino-aprendizagem, incentivando a aprendizagem com atividades ao ar livre. Além disso, a comunidade pode participar e apoiar as ações educativas - dentro e fora da escola - estimulando a formação de pessoas comprometidas com princípios éticos, democráticos, inclusivos, sustentáveis e solidários.

Elizabeth Nunes, bióloga do Núcleo de Educação Ambiental da Sedema e membro do GMEA, explica que a gestão dos resíduos cabe ao poder público, porém o consumo consciente e o gerenciamento dos resíduos, com o correto descarte, são responsabilidades fundamentais de cada cidadão. "A integração do público escolar e comunidade onde a escola está inserida podem fortalecer os processos educativos".

Para Ana Maria Meira, educadora do Programa USP Recicla do campus Luiz de Queiroz, "os encontros são uma oportunidade de diálogo e interação com a comunidade em temas essenciais como as responsabilidades na gestão e gerenciamento de resíduos e em descobrir pessoas e grupos para agirem em seus espaços", aponta Ana.

O curso segue nos dias 12, 19 e 26/08. No último encontro está previsto um momento de troca de experiência entre os participantes sobre a temática resíduos sólidos e educação ambiental.

05/08 - 1º módulo: Conceitos e contextualização sobre Resíduos Sólidos

12/08 - 2º módulo: Avanços, necessidades e responsabilidades na gestão e gerenciamento de resíduos.

19/08 - 3º módulo: Ações voltadas para a prática dos 3 Rs - Reduzir, Reutilizar e Reciclar e Consumo Consciente.

26/08 - 4º módulo: Práticas educativas voltadas para Educação Ambiental e Resíduos Sólidos.



05/08/2021

Cemitérios municipais estarão abertos no Dia dos Pais, mantendo os protocolos de segurança



Autor: Texto: João J. Souza/CCS Fotos: Jhonnatan Cruz Mathias/CCS

Os cemitérios municipais da Saudade, Vila Rezende e Ibitiruna estarão abertos nos dias 07/08 (sábado) e 08/08 (domingo), Dia dos Pais, das 07h às 18h, com acesso somente pelos portões principais. A abertura segue o Plano São Paulo de combate ao coronavírus, que autorizou os municípios a manterem os cemitérios abertos, seguindo os protocolos de segurança. O cemitério Parque da Ressurreição, que não é administrado pela Prefeitura, estará aberto nesses dias das 7h30 às 17h.

Segundo informações da Secretaria Municipal de Defesa do Meio Ambiente (Sedema), responsável por esses espaços públicos, as administrações dos cemitérios funcionarão das 8h às 17h, no sábado, e das 7h às 18h no domingo, para autorização de velórios e sepultamentos.
A Sedema recomenda que a população evite aglomerações e adote medidas preventivas para evitar o contágio do coronavírus. Não será permitido o acesso ou permanência nos cemitérios sem o uso correto de máscara. A orientação é que crianças menores de 12 anos, pessoas com mais de 60 anos ou que estejam no grupo do risco da Covid-19 não visitem os cemitérios.

Serão colocados dispenser/totem com álcool gel nas entradas; não será permitida a utilização de vasos ou outros recipientes que armazenem água e a população deverá levar seu kit de higiene e água para beber.

FORÇA-TAREFA - Foi montada uma força-tarefa para atuação nos cemitérios na véspera e no Dia dos Pais. Os agentes da Secretaria Municipal de Trânsito e Transportes (Semuttran) orientarão os motoristas e controlarão o trânsito nas imediações dos cemitérios. A Guarda Civil fará o policiamento; o Pelotão Ambiental cuidará da fiscalização de ambulantes e vendedores de flores cadastrados na Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico, Trabalho e Turismo (Semdettur), que também auxiliará na fiscalização, e a Secretaria Municipal de Assistência e Desenvolvimento Social (Smads) vai disponibilizar pessoal para trabalhos do Serviço Especializado em Abordagem Social (Seas).

ENDEREÇOS - Cemitério da Saudade: Avenida Piracicamirim, 2.201, Vila Monteiro, fone: (19) 3426-6272;
Cemitério da Vila Rezende: Avenida Marechal Costa e Silva, 44, Jardim Primavera, fone: (19) 3421-1745;
Cemitério de Ibitiruna: Rua Piracicaba, s/n, Distrito de Ibitiruna, fone: (19) 3426-6272;
Cemitério Parque da Ressurreição: Av. Comendador Luciano Guidotti, 1754 - Jardim Caxambu.

05/08/2021

Sedema executa poda para prevenir queda de galhos nas imediações do Engenho Central




Autor: Ivanise Milanez

A Prefeitura, por meio da Secretaria Municipal de Defesa do Meio Ambiente (Sedema), executou poda e corte de galhos em árvores nas ruas Lázaro Pinto Sampaio e Joaquim do Marco, nas imediações do Engenho Central. O serviço, realizado pelas equipes de manutenção, roçada e poda, incluiu a raspagem de terra acumulada nas guias, limpeza e posterior varrição.

A poda e o corte são realizados para prevenir acidentes que podem ocorrer durante ocorrência de vento, chuva ou do próprio desgaste da árvore. A Sedema também retirou a terra acumulada nas sarjetas das mesmas ruas.

"A Sedema efetuou uma varredura em todo o local. É um trabalho essencial, necessário. Estamos executando os serviços mais robustos neste momento de estiagem para evitar mais transtornos e acidentes graves quando as chuvas chegarem", avalia Sinval de Jesus Sarto, responsável pela fiscalização desses serviços da Sedema.

O material resultante - galhos e terra - foram encaminhados para o setor de Compostagem da empresa EcoTerra. Essa é uma forma de reduzir gastos com alguns insumos e fazer o reaproveitamento de materiais de forma sustentável e ambientalmente correta.





30/07/2021

Zoológico e Paraíso da Criança abrem para o aniversário de Piracicaba




Autor: CCS

No dia 1º/08, em comemoração aos 254 anos de Piracicaba, o Zoológico e o Paraíso da Criança abrem das 9h às 16h. Fechados desde o início da pandemia em 2020, os espaços abrirão com 60% da capacidade, respeitando protocolos de segurança no combate ao coronavírus. Com essa medida, poderão acessar os locais 100 pessoas por vez.

Será obrigatório o uso de máscaras e será disponibilizado álcool em gel. Os visitantes também terão de respeitar o distanciamento de 1,5 metro. Menores de idade precisam estar acompanhados dos pais ou um adulto responsável para acessar os locais. Também é proibida a entrada com bebida alcoólica, bolas, bicicletas e com alimentos. Não é permitido alimentar os animais.

"Todos os animais do Zoo estão bem. Como sofreremos uma onda de frio atípica, os recintos das aves estão protegidos com lonas até a metade, para conforto térmico. Assim como nós, humanos, os animais sentem frio e precisamos garantir seu conforto e segurança", explicou a diretora do Zoo, Camila de Miranda Silva e Chaves.

SERVIÇO - Zoológico Municipal de Piracicaba. Abertura em comemoração aos 254 anos de Piracicaba. Somente dia 1º/08, das 9h às 16h. Acesso pela avenida Marechal Castelo Branco, 426,Jardim Primavera. Mais informações, acesse:

Instagram:@zoodepiracicaba

Facebook: Zoologico De Piracicaba



08/07/2021


Zoo de Piracicaba participa de curso online com atividades com onça-pintada e tamanduá-bandeira



O Zoológico de Piracicaba participará da segunda edição do curso de férias online Instituições de Conservação Unidas pela Educação com o tema Tô de Acordo, promovido pela Associação de Zoológicos e Aquários do Brasil (AZAB). O Zoo Municipal participa, no sábado, 24/07, da oficina sobre o enriquecimento ambiental da onça-pintada e, no domingo, 25/07, disponibiliza o QuizZoo sobre as características, hábitos e curiosidades do tamanduá-bandeira. As atividades acontecem sempre às 9h.

Além do Zoo Municipal, outras 23 instituições do Brasil participam da programação entre os dias 12/07 e 1º/08. O curso exclusivamente on-line abordará a questão das espécies ameaçadas de extinção e educação ambiental.

As espécies que receberão destaque são o sauim-de-coleira, sagui-da-serra-escuro, onça-pintada, tamanduá-bandeira, jacucaca, jacutinga, tubarão-lixa, tubarão-mangona, cachorro-vinagre e a jararaca-da-ilha-vitória.

Para acompanhar as atividades, acesse:

Site: www.azab.org.br

YouTube: Associação de Zoológicos e Aquários do Brasil

Instagram: @azab_oficial e @SociedadeZoologicosBrasil



01/07/2021


Parceria com curso de veterinária da Unimep promove ações para saúde e bem-estar animal




Autor: Ivanise Milanez

Vinte e sete alunos do 3º ano do curso de medicina veterinária da Unimep - Universidade Metodista de Piracicaba (Unimep) realizaram uma atividade prática multidisciplinar com base no serviço Disk Animais, da Secretaria Municipal de Defesa do Meio Ambiente (Sedema). A parceria é resultado de um projeto de extensão multidisciplinar entre a Unimep, a Prefeitura e a Sedema, para avaliação da saúde física e mental dos animais que são apreendidos pelo Disk Animais.

O objetivo do projeto é desenvolver ações direcionadas à promoção da saúde e qualidade de vida dos animais, de acordo com políticas de saúde única - c